O que vem após o prazo final das petições do GC2020

Other Manual Translations: English 한국어 Español

Os líderes da igreja se reúnem para a abertura da Conferência Geral Metodista Unida de 2019 em St. Louis. Foto de arquivo de Kathleen Barry, Notícias MU.

O prazo para submeter a legislação à Conferência Geral de 2020 está agora no espelho retrovisor. Então, o que está por vir?

Os próximos meses fornecerão uma imagem mais completa de quais opções serão apresentadas aos delegados quando a assembléia legislativa da Igreja Metodista Unida se reunir de 5 a 15 de maio no Centro de Convenções de Minneapolis.

Um grande foco da próxima assembléia será lidar com as consequências da Conferência Geral especial deste ano. A reunião contenciosa levou a propostas variadas para o futuro da denominação à luz de seu debate ainda não resolvido sobre a homossexualidade.

Mas levar a legislação para um formato facilmente acessível para uma denominação multinacional e multilíngue leva tempo.

Pelas regras denominacionais, o Advocate Christian Daily Advance - que contém as petições e relatórios que exigem ação da Conferência Geral - deve ser distribuído aos delegados pelo menos 90 dias antes do início da assembléia. Essa data é 5 de fevereiro para o encontro de 2020.

Termos-chave para se conhecer

Como qualquer órgão legislativo, a Conferência Geral tem uma linguagem própria.

O Livro da Disciplina: O livro de políticas da Igreja Metodista Unida que contém sua lei, doutrina, constituição, trabalho e procedimentos organizacionais. Cada Conferência Geral altera o Livro de Disciplina.

O Livro de Resoluções: Este volume contém resoluções ou pronunciamentos sobre questões que a Conferência Geral aprovou. O texto de qualquer resolução é considerado a posição oficial da denominação sobre um tópico.

Petição: Uma solicitação à Conferência Geral para ação oficial sobre um tópico ou questão, semelhante a um projeto de lei apresentado no Congresso dos EUA. Mas nem todas as petições pretendem se tornar lei. Uma petição pode sugerir uma mudança no Livro de Disciplina, aprovação de uma resolução ou algum curso de ação que a denominação deve adotar.

Advance Daily Christian Advocate  (Advance DCA ou ADCA): Um conjunto de volumes contendo a agenda, regras, listas de delegados, petições, relatórios de organizações da igreja e outras informações para os delegados.

Daily Christian Advocate (DCA): O jornal oficial da Conferência Geral.

Leia mais sobre o glossário da Conferência Geral.

"É uma aposta bastante segura que possamos prepará-lo antes da data de publicação de 90 dias", disse Brian Sigmon, editor do Daily Christian Advocate e sua edição antecipada, à Comissão da Conferência Geral na reunião de agosto do grupo.

Ele e outros organizadores da Conferência Geral esperam ter o Advance Daily Christian Advocate disponível on-line para download assim que os materiais forem finalizados.

Em 19 de setembro, os funcionários da Conferência Geral disseram que ainda era muito cedo para saber uma data exata.

Todo o Advocate Christian Advance Daily deve estar disponível nos quatro idiomas oficiais da Conferência Geral - inglês, francês, português e kiswahili. Normalmente, cerca de 1.000 petições são enviadas para consideração em uma Conferência Geral regularmente agendada.

As propostas que chegam ao GC2020 incluem legislação para adicionar mais cinco bispos à África, revisar os Princípios Sociais, criar uma nova estrutura para a tomada de decisões nos EUA e estabelecer o orçamento geral da igreja para 2021-2024. Todas as quatro propostas foram elaboradas por órgãos internacionais da igreja.

A Notícias Metodista Unida também confirmou que as petições foram enviadas para pelo menos três planos para o futuro da denominação.

Em ordem alfabética, incluem:

O Plano Indianapolis, enviado pelo Rev. Kent Millard e montado por um grupo de centristas, tradicionalistas e progressistas. Este plano inclui disposições para a separação em diferentes denominações, dependendo das opiniões em torno da homossexualidade.

Novas formas de unidade, apresentadas pelo bispo da Conferência do Texas, Scott Jones. Sob esse plano, uma conferência anual pode se tornar uma igreja autônoma ou se juntar a uma igreja existente. Jones começou a trabalhar no plano com o bispo da Conferência de Michigan, David Bard. Os bispos não têm voto na Conferência Geral.

A proposta UMCNext, montado por um grupo de centristas e progressistas. Esta proposta levanta restrições relacionadas à ordenação gay e casamentos entre pessoas do mesmo sexo, enquanto permite que as igrejas locais que discordam partam e se organizem em novas formas de Metodismo.

Esses três planos foram todos elaborados nos Estados Unidos.

No entanto, esta não é uma lista abrangente das opções que serão apresentadas aos delegados para reorganizar ou dividir a denominação e seus ativos. Metodistas Unidos individuais também podem enviar legislação, e alguns já anunciaram planos para fazê-lo antes do prazo.

Durante a Conferência Geral especial abreviada, os delegados consideraram planos que continham várias petições como um pacote. Mas os organizadores da Conferência Geral decidiram que não será o caso no GC2020, pelo menos não inicialmente.

A Rev. Abby Parker Herrera - secretária de petições da Conferência Geral - tem a tarefa de atribuir números a cada petição apresentada corretamente e atribuí-la a um dos 14 comitês legislativos ou ao Comitê Permanente de Assuntos da Conferência Central.

Os comitês legislativos lidam com diferentes assuntos e seções relacionadas no Livro de Disciplina, o livro de políticas da denominação. O comitê permanente lida com propostas que afetam as regiões Metodistas Unidas na África, Europa e Filipinas.

Esses comitês são a primeira parada em que a legislação é debatida, refinada e possivelmente aprovada para ir ao plenário da Conferência Geral para votação. Portanto, se um plano tiver várias petições que tratam de diferentes seções da Disciplina, essas petições serão encaminhadas primeiro aos comitês que lidam com essas seções.

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida.Li

FIQUE INFORMADO!


Se petições provenientes de várias comissões precisam ser consideradas juntas, a Comissão de Agenda e Calendário pode agendar isso, disse o Rev. Gary Graves, secretário da Conferência Geral.

Há também uma Comissão de Referência, que se reúne no início da Conferência Geral e considera pedidos para reatribuir petições a diferentes comissões legislativas.

O Livro da Disciplina exige que todas as petições válidas recebam um voto no comitê legislativo e todas as petições aprovadas por um comitê legislativo recebam um voto no plenário.

A Conferência Geral de 2020 terá 862 delegados no total, igualmente divididos entre clérigos e leigos. Dos delegados de 2020, 55,9% serão dos EUA, 32% da África, 6% das Filipinas, 4,6% da Europa e o restante de igrejas concordantes que têm laços estreitos com a Igreja Metodista Unida.

À medida que a grande reunião se aproxima, Graves e outros organizadores da Conferência Geral pedem orações contínuas para todos os funcionários e voluntários que trabalham diligentemente para se prepararem.

 

*Hahn é um repórter multimídia da Notícias MU. Entre em contato com ela pelo telefone (615) 742-5470 ou [email protected]. Sam Hodges, repórter da Notícias MU em Dallas, contribuiu para esta história. Para ler mais notícias da metodistas unidas, assine gratuitamente o UMCOMtigo, um resumo semanal de notícias e recursos.

**Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para IMU_Hispana-Latina @umcom.org

Conselho Judicial
Membros do Conselho Judicial 2016-2020. (Da esquerda) Primeira fila: Deanell Reece Tacha, N. Oswald Tweh Sr., Rev. Luan-Vu Tran. Fila de trás: Lidia Romão Gulele, o falecido Ruben T. Reyes, o Rev. Øyvind Helliesen, o Rev. Dennis Blackwell e o Rev. J. Kabamba Kiboko. (Não retratada, Beth Capen) O Conselho Judicial divulgou três decisões em 6 de Junho. Foto de Kathleen Barry, Comunicações da Metodista Unida.

Tribunal da Igreja divulga 3 decisões

Uma decisão diz que uma provisão no Livro de Disciplina, o livro de políticas da denominação, deve ser alterada para cumprir a constituição da denominação.
Conselho Judicial
Os bispos metodistas unidos processam o culto de abertura da Conferência Geral especial de 2019 em St. Louis. O Conselho Judicial, o principal tribunal da Igreja Metodista Unida, divulgou um memorando que esclarece uma decisão anterior sobre as eleições de bispos. Foto de arquivo por Mike DuBose, Notícias MU.

Tribunal da Igreja modifica decisão sobre eleições de bispos

O tribunal superior da Igreja Metodista Unida estabeleceu o dia 1º de janeiro de 2023 como a data em que os bispos dos EUA que enfrentam a aposentadoria compulsória devem deixar o cargo, e seus sucessores recém-eleitos tomarem posse.
Conselho Judicial
A Bispa Mary Virginia Taylor da Conferência de Holston abraça o Rev. David Graves após sua eleição como bispo Metodista Unido na Conferência Jurisdicional do Sudeste de 2016. Taylor está entre os 11 bispos norte-americanos que se aposentaram no ano passado, e Graves está entre os bispos que agora assumem trabalho extra por causa das aposentadorias. O Conselho Judicial emitiu uma decisão em 20 de maio, abordando a questão de saber se a conferência jurisdicional pode se reunir para eleger novos bispos. Foto de arquivo de Annette Spence, Conferência de Holston.

Decisão abre portas para eleições de bispos em 2022

O tribunal superior da Igreja Metodista Unida decidiu que o Conselho dos Bispos tem autoridade para convocar conferências jurisdicionais para eleger e designar novos líderes episcopais nos EUA, mas não tem autoridade para alterar a data em que esses novos bispos assumem o cargo.