Europeus fazem planos para separação

Other Manual Translations: English Español
The three European central conferences of The United Methodist Church covering 32 countries and 10 time zones are making plans for a proposed denomination-wide split. Four bishops (clockwise from top left), Edward Khegay, Christian Alsted, Harald Rückert and Patrick Streiff, have drafted next steps should a separation plan win General Conference approval. Image courtesy of the bishops. 

Las tres conferencias centrales europeas de La Iglesia Metodista Unida (IMU) que cubren 32 países y 10 zonas horarias están haciendo planes para una división propuesta para toda la denominación. De izquierda a derecha los cuatro obispos Edward Khegay, Christian Alsted, Harald Rückert y Patrick Streiff, han redactado los próximos pasos a seguir en el caso de que el plan de separación sea aprobado por la Conferencia General. Imagen cortesía del Concilio de Obispos/as.

Os Metodistas Unidos na Europa estão começando a fazer planos para o que acontecerá se uma proposta para a separação da denominação obtiver a aprovação da Conferência Geral.

Várias conferências anuais europeias indicaram planos para permanecer com a Igreja Metodista Unida. Outras conferências esperam se juntar a uma nova denominação tradicionalista, caso a igreja elimine suas proibições aos casamentos entre pessoas do mesmo sexo e ao clero gay não celibatário. Outras conferências ainda estão adotando uma abordagem de esperar para ver.

A pandemia global de COVID-19 adiou a Conferência Geral, a principal assembleia legislativa da denominação, de maio de 2020 para 29 de agosto a 6 de setembro 6 de 2022, em Minneapolis. Esse adiamento suspendeu qualquer separação formal.

No entanto, os quatro bispos do continente veem a necessidade de se preparar agora. Quando a poeira baixar, eles esperam que o mapa da igreja na Europa seja muito diferente.

“Não podemos simplesmente sentar e esperar até que a Conferência Geral tenha agido”, disse o bispo da região nórdica e báltica, Christian Alsted, em um comunicado à imprensa em 11 de maio.

“Precisamos pensar e nos preparar proativamente para o futuro e trabalhar por unidade e força missionária tanto quanto possível, enquanto garantimos que todas as igrejas locais, clérigos e conferências anuais sejam capazes de viver no futuro com integridade.”

Más sobre los planes de los obispos

Los cuatro obispos metodistas unidos en Europa y Eurasia han redactado tres documentos para guiar a sus áreas en los próximos pasos a dar.

Los documentos son:

Hacia el futuro

Sobre la separación de la IMU

Un mandato del grupo de trabajo para continuar La IMU

No planejamento para a futura igreja, Alsted se juntou aos bispos Eduard Khegay da Eurásia, Harald Rückert da Alemanha e Patrick Streiff da Europa Central e do Sul.

Os quatro redigiram três documentos delineando os próximos passos para os fiéis durante este período antes que a Conferência Geral possa se reunir e para aqueles que planejam se separar após a reunião. Os documentos também incluem um mandato para formar uma Força-Tarefa em toda a Europa para se reunir após a Conferência Geral adiada.

Mas antes que a Conferência Geral possa se reunir, os quatro bispos também planejam formar um grupo de trabalho para se preparar “com uma perspectiva em direção a uma visão comum para todos os ramos do Metodismo na Europa”. Os bispos planejam que o grupo de trabalho tenha representantes de cada conferência anual em suas áreas e se reúna online.

Todos os três documentos pressupõem a aprovação do muito endossado Protocolo de Reconciliação e Graça por Separação e baseiam as próximas etapas nos procedimentos descritos na legislação proposta.

Um grupo diverso de 16 líderes Metodistas Unidos, com a ajuda do famoso mediador Kenneth Feinberg , desenvolveu a proposta que visa resolver o debate de décadas da denominação, intensificando o debate sobre o status das pessoas LGBTQ. Alsted estava entre os negociadores do protocolo.

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

A proposta, se adotada, permitiria que as igrejas e associações tradicionalistas que votassem a favor ficassem com a propriedade da igreja e US $ 25 milhões. A proposta também reserva US $ 2 milhões para outros grupos de igrejas que possam sair. Cada nova denominação deve ter pelo menos 100 igrejas.

A legislação do protocolo não altera as atuais proibições da denominação sobre casamentos entre pessoas do mesmo sexo e clérigos gays "praticantes declarados", que enfrentaram resistência na Europa Ocidental e nos Estados Unidos

No entanto, o preâmbulo da legislação prevê a pós-separação da Igreja Metodista Unida revogando "linguagem restritiva relacionada com pessoas LGBTQ."

A legislação do protocolo precisará de pelo menos alguns ajustes para entrar em vigor, uma vez que seu cronograma para processos de separação assume que a Conferência Geral ocorreu em maio de 2020. O Conselho Judiciário, o tribunal superior da denominação, também se recusou a decidir com antecedência se a legislação está em linha com a constituição Metodista Unida.

“Há uma discussão em andamento sobre a 'renegociação' do Protocolo, mas, como bispos europeus, vemos isso como uma jogada perigosa, onde não haverá uma solução melhor no final do que o compromisso do Protocolo”, disseram os bispos no documento relacionado ao preparativos para a Conferência Geral.

Em qualquer caso, os quatro bispos esperam que a separação levará a grandes mudanças estruturais.

Atualmente, a denominação tem três conferências centrais na Europa e na Eurásia. As três regiões da igreja, que elegem bispos e tratam de outros assuntos, cobrem 32 países e 10 fusos horários. Em 2019, as três conferências centrais europeias tinham um total de 52.335 membros professos e 1.052 clérigos ativos e aposentados.

“Para ambos os tradicionalistas e contínuos UMC, uma separação resultará em uma redução no número de conferências anuais, igrejas locais e clero”, disseram os bispos no mandato para a força-tarefa pós-Conferência Geral.

Os bispos acrescentaram que dentro da contínua Igreja Metodista Unida, as saídas podem levar a uma situação em que uma conferência central se torne muito pequena para permanecer uma conferência central. Os bispos também levantaram a possibilidade de que o número de bispos europeus precise ser reduzido.

A força-tarefa irá estudar e fazer propostas para a continuação da presença Metodista Unida na Europa. Apenas as conferências anuais que escolherem permanecer como Metodista Unida podem nomear membros para a força-tarefa.

A força-tarefa também precisará considerar os diversos países onde os Metodistas Unidos estão presentes. Streiff, bispo da Área da Europa Central e Meridional, enfatizou essa diversidade. A sua área episcopal, disse ele, “é composta por Metodistas Unidos que - de boa fé - leem e compreendem a Bíblia de forma diferente no que diz respeito às relações entre pessoas do mesmo sexo, mesmo que acreditem todos em Cristo Jesus como seu Senhor e Salvador.

Os bispos que trabalham juntos nas próximas etapas também têm planos diferentes em caso de separação.

Conferencias centrales programadas

Con el segundo aplazamiento de la Conferencia General, los obispos también han anunciado un nuevo calendario para que se reúnan las conferencias centrales. Los/as delegados/as a las conferencias centrales son mitad laicos/as y mitad clérigos/as.

- Conferencia Central de Europa Central y del Sur: Del 16 al 20 de noviembre de 2022, con la elección del sucesor del Obispo Streiff.

- Conferencia Central de Alemania: Del 22 al 26 de noviembre de 2022, con el Obispo Rückert a la espera de la reelección.

- Conferencia Central del Norte y Eurasia: Del 15 al 19 de marzo de 2023, con elecciones de obispos.

 

O Bispo Khegay - que lidera os Metodistas Unidos na Rússia, Moldávia e Ucrânia - disse à Notícias Metodista Unida em 2020 que planeja aderir à nova denominação tradicionalista se o protocolo for aprovado.

Ao dizer que lamenta que sua “amada Igreja Metodista Unida em todo o mundo possa se separar”, ele reiterou esse plano no comunicado de imprensa de 11 de maio. “Eu imagino que eu e a área episcopal da Eurásia seguiremos o entendimento tradicional de casamento e ordenação, conforme declarado no presente Livro de Disciplina da Igreja Metodista Unida”, disse ele.

A Associação do Pacto Wesleyano, um grupo tradicionalista de defesa, está incubando a nova denominação chamada Igreja Metodista Global.

Entretanto, Alsted, Streiff e Rückert fizeram um compromisso diferente para permanecerem Metodistas Unidos e acolherem uma diversidade de pontos de vista.

Os três disseram em uma declaração conjunta de fevereiro que "exerceremos nossa liderança de forma que aqueles que escolherem permanecer na UMC ... não sejam forçados a participar de atos que vão contra suas convicções religiosas pessoais."

Rückert, que lidera os Metodistas Unidos na Alemanha, disse que é um forte sinal de que as três conferências centrais europeias estão avançando juntas.

“Apesar das opiniões diferentes em nossas conferências centrais e anuais e apesar de possíveis decisões diferentes sobre nossos caminhos para o futuro, tentamos ter uma conversa honesta e respeitosa, corajosa e voltada para o futuro”, disse ele em um comunicado à imprensa.

 

 

* Hahn é editor assistente de notícias da Notícias MU. Contate-a em (615) 742-5470 ou [email protected]. Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos quinzenais gratuitos.

** Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected]

 


 

Área Geral da Igreja
O Rev. Adam Hamilton, pastor sênior da Igreja Metodista Unida da Ressurreição, fala sobre a pandemia e a divisão denominacional proposta durante uma entrevista na Notícias Metodista Unida em Nashville, Tennessee. A igreja sediará o 2021 Leadership Institute (Instituto de Liderança 2021) de 29 de setembro até 1 de outubro, com foco em ajudar pastores e leigos a lidar com as divisões em suas comunidades. Foto de Mike DuBose, Notícias MU.

Adam Hamilton: Liderando em tempos polarizados

Antes das sessões de 2021 do Instituto de Liderança da Igreja Metodista Unida da Ressurreição, o Notícias MU falou com o Rev. Adam Hamilton sobre a pandemia e a divisão proposta da denominação.
Igreja Local
Salvador Albino Chinhangue, segurando os telefones nos Escritórios Centrais. Chinhangue é o motorista que distribuiu os aparelhos nas conferências de Moçambique Sudeste e Sul. Foto de João Filimone Sambo.

Bispa Nhanala responde às necessidades de comunicação dos pastores

Membros e comunidades eclesiásticas da Metodista Unida em Moçambique enfrentam dificuldades enormes para receberem orientações, informações de cultos e outros programas da igreja neste tempo de pandemia, isto porque seus pastores não tem telefones inteligentes.
Área Geral da Igreja
Enquanto os organizadores da Conferência Geral Metodista Unida olham para a possibilidade de uma sessão presencial em 2022, a nova variante apresenta novos desafios. Cortesia da imagem do coronavírus do Centers for Disease Control and Prevention (Centro para Controle e Prevenção de Doenças) dos EUA. Gráfico por Laurens Glass, Notícias MU.

Vírus atormenta Planejamento da Conferência Geral

Após dois adiamentos, os organizadores continuam a trabalhar para realizar a Assembleia Legislativa Metodista Unida no próximo ano. No entanto, a variante delta apresenta novos desafios.