Igreja vê aumento nas doações no final do ano

Other Manual Translations: English español

Uma efusão de doações de fim de ano deixou as finanças dos Metodistas Unidos em melhor forma do que o projetado nos primeiros meses da pandemia.

No entanto, entre a ameaça COVID-19 em curso e a possibilidade de uma divisão denominacional, a Igreja Metodista Unida ainda enfrenta incertezas financeiras.

Ao todo, os números preliminares mostram que o General Council on Finance and Administration (Conselho Geral de Finanças e Administração) da denominação coletou cerca de 79,3% das repartições dos EUA em 2020 - ações solicitadas para dar esse apoio aos ministérios de toda a denominação.

Essa é a taxa de coleta mais baixa da denominação em pelo menos 15 anos, mas é significativamente melhor do que a taxa de coleta de 70% que a equipe do GCFA estava projetando no outono.

Saiba mais sobre doações em 2020

O Conselho Geral de Finanças e Administração relatou que 18 conferências anuais nos EUA e oito áreas episcopais na África, Europa e Filipinas pagaram 100% das contribuições gerais da igreja. 

Leia o comunicado de imprensa.

Veja a apresentação do GCFA para o webinar de 13 de fevereiro.

“Tínhamos quase US $ 40 milhões em cobranças em dezembro de 2020”, disse Rick King, diretor financeiro da agência de finanças. “Pelo que posso ver, essa é a maior quantidade de dólares que recebemos em qualquer mês.”

As contribuições para a igreja geral vêm de conferências anuais, que por sua vez distribuem as doações das igrejas locais. Os EUA apoiam a maior parte dos ministérios da igreja em geral.

O bispo Mike McKee, presidente do conselho do Conselho Geral de Finanças e Administração, atribuiu o aumento das doações em dezembro, em parte, às igrejas que se sentem mais estáveis sobre suas próprias finanças em meio aos desafios da pandemia. McKee lidera a Conferência do North Texas.

Diante da incerteza sobre o futuro da denominação, a maioria dos ministérios da denominação já havia orçado para uma taxa de coleta de 70% a 75% em 2020 e estão orçando para uma taxa de coleta de cerca de 50% este ano.

King apresentou os totais preliminares de 2020 para o conselho do Conselho Geral de Finanças e Administração durante uma reunião especial on-line em 29 de janeiro.

O conselho se reuniu para revisar uma apresentação que King planeja fazer em um webinar em 13 de fevereiro, às 14h00, horário do Leste dos EUA, que o Conselho de bispos e líderes jurisdicionais estão organizando para a Conferência Geral dos EUA e delegados jurisdicionais. Os não delegados poderão assistir ao webinar em ResourceUMC.org.

Os bispos recomendaram que os delegados adiem as eleições de quaisquer novos bispos até 2024, a fim de estabilizar o fundo que apoia o trabalho dos bispos. Atualmente, 14 bispos dos Estados Unidos planejam se aposentar este ano ou assumir novas funções no Conselho dos Bispos.

Ainda não está claro o que um adiamento nas eleições episcopais dos EUA significaria para o número de bispos servindo e como cada jurisdição lida com a supervisão episcopal. Bispos aposentados podem servir em funções provisórias.

Os líderes do GCFA usaram a reunião online de 29 de janeiro em parte para desmascarar o crescente equívoco de que a agência de finanças está promovendo uma redução dramática de bispos.

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

“O GCFA não recomenda nenhuma redução ou qualquer outra coisa”, disse o reverendo Moses Kumar, principal executivo da agência. “Nosso objetivo é apenas fornecer os fatos.”

Os fatos são que a Igreja Metodista Unida viu as doações aos ministérios da igreja geral caírem durante dois anos consecutivos.

As doações inicialmente diminuíram após a Conferência Geral especial de 2019, por uma votação de 438 a 384, que reforçou as proibições da igreja em casamentos entre pessoas do mesmo sexo e clero gay “auto-declarado praticante”.

Desde então, um grupo diverso de líderes denominacionais desenvolveu uma proposta de que a denominação se dividisse ao longo de linhas teológicas, com os Metodistas Unidos que apoiam as atuais restrições LGBTQ sendo capazes de sair com propriedade da igreja e $ 25 milhões em fundos da igreja para formar a sua própria denominação.

Para entrar em vigor, a proposta precisa do apoio da Conferência Geral, o principal órgão legislativo da denominação.

No entanto, a pandemia de COVID-19 forçou o adiamento da Conferência Geral do ano passado, e o lento lançamento de vacinas colocou em dúvida se a assembléia legislativa global da denominação pode avançar como planejado para acontecer de 29 de agosto a 7 de setembro em Minneapolis.

A incerteza em torno da Conferência Geral também fica no ar quando as jurisdições nos EUA e as conferências centrais na África, Europa e Filipinas podem se reunir. As jurisdições e conferências centrais são os órgãos que elegem os bispos.

Nesse ínterim, as consequências econômicas da pandemia COVID-19 só aumentaram a pressão financeira da denominação.

Os números preliminares para 2020 mostram que os Metodistas Unidos em todo o mundo deram cerca de $ 115,5 milhões em contribuições da igreja geral. Isso representa um declínio de cerca de US $ 8 milhões em relação a 2019, um ano que já viu uma queda acentuada em relação aos últimos anos.

A distribuição geral da igreja apoia sete fundos. Esses fundos incluem apoio aos bispos, educação ministerial, a maioria das agências gerais, administração geral e esforços denominacionais como o Black College Fund (Fundo da Faculdade Negra), o trabalho ecumênico e a Universidade África no Zimbábue.

Mas nem todos os fundos receberam o mesmo nível de apoio. A Universidade da África, o segundo menor fundo, viu uma taxa de arrecadação de 88,4%, enquanto a Administração Geral, o fundo que apoia a Conferência Geral e o próprio GCFA, viu a taxa de arrecadação mais baixa, 76%.

“É uma faixa bastante ampla - uma variação de 12% entre os fundos”, disse King.

O Fundo Episcopal que apoia o trabalho dos bispos recebeu cerca de 86,5% das contribuições solicitadas em 2020. Isso representa a menor taxa de arrecadação já registrada para o fundo.

O fundo, de certa forma, está em uma posição mais precária do que outros fundos da igreja em geral e tem menos flexibilidade nas despesas. Ao contrário das agências, que já demitiram funcionários, os bispos cumprem mandatos definidos e a maioria é eleita vitalícia.

Em 2019, meses antes dos primeiros relatórios de casos COVID-19, o CGFA advertiu o Conselho dos Bispos que, sem mudanças, o Fundo Episcopal ficaria sem reservas em 2024. Desde maio de 2020, os bispos têm trabalhado em maneiras de tornar o fundo sustentável.

O comitê executivo do Conselho dos Bispos espera usar o próximo webinar para ajudar a Conferência Geral e os delegados jurisdicionais a fazerem seu trabalho. Os bispos reservaram oito minutos para a apresentação do CGFA.

Em última análise, a Conferência Geral determina o número de bispos eleitos e as jurisdições dos Estados Unidos determinam as conferências em que seus bispos servem.

 

 
*Hahn é repórter de notícias multimídia da Notícias MU. Contate-a em (615) 742-5470 ou [email protected]. Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos quinzenais gratuitos.

**Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected]

Área Geral da Igreja
Captura de tela de uma das reuniões virtuais do Conselho dos Bispos durante a pandemia de Covid19. Foto UMCOM.

Bispos da Igreja Metodista Unida se reunirão em fevereiro

Nesta reunião de 18 de fevereiro, eles discutirão a situação atual da denominação mundial e refletirão sobre a missão e o ministério da igreja após a pandemia.
Área Geral da Igreja
Um prato de oferendas é passado pelo banco da Catedral das Rochosas, uma igreja Metodista Unida em Boise, Idaho. O conselho do General Council on Finance and Administration (Conselho Geral de Finanças e Administração) pesquisou os tesoureiros da conferência dos Estados Unidos para descobrir que impacto as dissociações e fechamentos de igrejas em potencial terão na fórmula de distribuição nos próximos quatro anos. Foto de arquivo de 2018 por Mary Kienzle, Comunicações Metodista Unida.

Estimando o impacto financeiro das saídas da igreja

Os líderes financeiros da Metodista Unida votaram nos orçamentos das agências para 2021 enquanto discutiam os custos de uma possível divisão da igreja e uma proposta para reduzir o número de bispos.
Área Geral da Igreja
Os bispos caminham em adoração em 24 de fevereiro de 2019, na Conferência Geral especial da Igreja Metodista Unida, realizada em St. Louis. Os bispos e outros líderes da Igreja estão procurando opções para evitar que o financiamento dos bispos caia no vermelho. Foto de arquivo por Paul Jeffrey para Notícias MU.

O que é necessário para financiar os bispos?

Os líderes Metodistas Unidos estão procurando reforçar o financiamento dos bispos, que corre o risco de entrar no vermelho nos próximos quatro anos.