GCFA

Área Geral da Igreja
O Paycheck Protection Program (Programa de Proteção de Pagamento) é um programa de empréstimos do governo dos EUA projetado para ajudar pequenas empresas e organizações sem fins lucrativos a manterem seus funcionários na folha de pagamento. Mais de 740 entidades Metodistas Unidas receberam empréstimos de pelo menos US $ 150.000. Imagem de coronavírus cortesia dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças; imagem

Milhões em dólares federais impulsionam ministérios

O Programa de Proteção de Pagamento dos EUA lançou uma tábua de salvação para centenas de ministérios metodistas unidos, mas as finanças continuam sendo uma preocupação.
Área Geral da Igreja
A Igreja Metodista Unida está sentindo o impacto econômico da pandemia do COVID-19 quando as empresas fecharam suas portas e as igrejas suspenderam o culto presencial, devido às diretrizes de saúde. Imagem da máscara por panos13121, cortesia do Pixabay; foto das portas da igreja por Steven Adair, cortesia da Comunicações Metodista Unida; gráfico de Laurens Glass, Notícias MU.

Taxas de coleta caem com o aumento do COVID-19

As ofertas e doações para os ministérios gerais da igreja despencaram em abril, quando a denominação se concentrou em conter a doença e apoiar as igrejas locais.
Área Geral da Igreja
Rick King, diretor financeiro da agência financeira da Igreja Metodista Unida, fala durante uma reunião do conselho em março de 2020 no Scarritt Bennett Center em Nashville, Tennessee. A agência está solicitando um empréstimo para pequenas empresas sob a Lei US CARES. Foto de arquivo de Kathleen Barry, Notícias MU.

Agências da igreja obtêm aprovação para buscar empréstimos nos EUA

a Junta do GCFA autorizou a agência e outras entidades da igreja a solicitar empréstimos no âmbito do programa de assistência a pequenas empresas contido na nova lei chamada CARES em inglês.
Área Geral da Igreja
A bispa Sally Dyck preside uma discussão sobre o orçamento da igreja durante a Conferência Geral Metodista Unida de 2016 em Portland, Oregon. Com a próxima Conferência Geral adiada até 2021, o conselho da agência financeira da denominação decidiu que não tinha outra escolha senão continuar com a fórmula de rateio aprovada em 2016. Foto de arquivo de Maile Bradfield, Notícias MU.

A luta com o orçamento após o adiamento do GC2020

Os líderes financeiros decidiram que não tinham escolha a não ser estender as diretrizes orçamentárias da Conferência Geral de 2016. Mas também reconhecem os desafios financeiros causados ​​pelo COVID-19.
Loading