7ma Região da Igreja Metodista do Brasil reprova ato de racismo

Be sure to add the alt. text

Para ver pronunciamento oficial do bispo Lockmann sobre racismo abra o seguinte enlace: 

http://1re.metodista.org.br/conteudo.xhtml?c=3021

Conforme foi registrado em sua última plenária, o 1º Concílio Regional da Sétima Região Eclesiástica acolheu e foi solidário à denúncia apresentada contra ato de racismo durante o período dos trabalhos conciliares da Igreja Metodista.  Numa manifestação de unidade e coesão, a delegação da 7ª RE não apenas repudiou todo tipo de preconceito e racismo no meio da Igreja Metodista, mas profetizou que o amor seja uma realidade sobre as nossas igrejas, ministérios e nas nossas relações pessoais (1 Co13.1).

O bispo Paulo Lockmann já está encaminhando as providências cabíveis dentro dos trâmites de processo disciplinar da Igreja Metodista. Apesar de ter se defendido, com retratação e pedido de perdão, o pastor que cometeu a atitude racista responderá à comissão instaurada para o caso.

Be sure to add the alt. text

Para ver o video da denúncia sobre racismo feita no Concilio Regional abra aquí.

A Igreja Metodista no Brasil e no Estado do Rio de Janeiro tem uma História de Justiça e compromisso com as causas sociais, e não apoiam nenhum tipo de ato dessa natureza. Prova disso é a Pastoral de Combate ao Racismo, um dos braços da Igreja, que mantém uma atuação ativa e atenta a expressões envolvendo questões raciais.  

A Igreja Metodista é também vanguarda em ações de oposição à naturalização da violência contra o negro e institucionalização do racismo. Nesse sentido, a Igreja na Sétima Região Eclesiástica entende a gravidade de um ato como esse e convoca todos os que se sentem de alguma forma excluídos, seja por discriminação social, racial, de gênero ou de qualquer outro tipo, a juntar-se aos metodistas numa atitude de fé e oração. 

* Paulo Lockmann es Bispo da Igreja Metodista na 1ª e 7ª Regiões Eclesiásticas. Para ver a publicação original deste artigo, abra o seguinte enlace: http://1re.metodista.org.br/conteudo.xhtml?c=3004

Jóvenes
Dorlimar Lebrón, Pastora de la Primera Iglesia Metodista Unida Hispana en el sector de East Harlem de la ciudad de Nueva York, fue la encargada de dirigir el mensaje en el culto de apertura. Foto Rev. Gustavo Vasquez, Noticias MU.

Pastora Dorlimar Lebrón: los jóvenes no vamos a esperar a que la denominación se ponga de acuerdo

En entrevista con la Pastora Dorlimar Lebrón, líder de la juventud de MARCHA, ella expresa las discusiones y compromisos asumido por los/as jóvenes.
La Pastora Dorlimar Lebrón orando con dos jóvenes, envueltas en lel mismo tipo de mantas que cobijan a los/as niños/as y adultos/as inmigrantes que se mantienen detenidos, y algunos de ellos hacinados, en los centro de detención que ICE mantiene en la frontera. Foto por Michelle Maldonado, UMCOM.

Caucus hispano-latino se prepara para afrontar cambios en la iglesia

Esta 48va reunión anual de MARCHA estuvo enfocada en analizar el impacto de las decisiones tomadas en la Conferencia General Especial de 2019 y las proyecciones futuras del ministerio hispano-latino
Temas Sociales

MARCHA lamenta muertes violentas en Tejas y Ohio

El caucus hispano-latino de La Iglesia Metodista Unido publico un comunicado de prensa rechazando las masacres acontecidas en Tejas y Ohio.