Igreja Metodista do Haiti e UMCOR reconstroem escola histórica

No dia 5 de setembro, representantes da Igreja Metodista do Haiti (IMH) e do Comitê Metodista Unido de Auxílio (UMCOR) comemoraram a entrega de um novo edifício escolar secundário no histórico New College Bird (NCB). O novo edifício substitui um dos três edifícios escolares do NCB  que foram destruídos pelo devastador terremoto de 2010 no Haiti.

NCB, localizado em Porto Príncipe, capital do país, é considerada hoje a escola Metodista premier no Haiti. As inscrições de 2016 – ano lectivo 2017, que começou em setembro, é de 950 alunos. Quando toda a reconstrução estiver concluída, New College Bird terá capacidade para atender 1.750 alunos.

EMH e parceria UMCOR

Edzaire Paul, diretor-geral de educação da EMH, recordou as palavras do ex-presidente da Junta de Ministérios Globais, Bispo Bruce Ough, ao presidente da IMH, Rev. Gesner Paulo, nos primeiros dias após o terremoto: “O UMCOR pode não ser o primeiro a chegar no Haiti desde o terremoto, mas vamos ser os últimos a sair. “

“O engajamento do UMCOR para reconstruir edifícios destruídos do New College Bird foi fundamental num momento em que o povo [do Haiti] estava deprimido em face de tantas necessidades. Com a ajuda do UMCOR, o NCB continua a ser uma escola de referência para o Haiti. Um provérbio haitiano diz: ” Nou Mize nan wout, homens nou pote bon nouvel”, (Estávamos um pouco lentos na estrada, mas trouxeram uma boa notícia), explica Edzaire Paul

O UMCOR financiou a maioria dos custos de reconstrução de dois edifícios do ensino secundário do NCB e vai ajudar a financiar a substituição do edifício da escola primária com uma biblioteca. A IMH forneceu as mesas, cadeiras e outros equipamentos educacionais para as novas instalações. Na cerimônia de entrega, um representante do grupo de ex-alunos da instituição, disse que outros ex-alunos vão ajudar a fornecer as salas de aula recém-concluídas, que servirão sétimas à nonas séries.

Legado de educação do metodismo no Haiti

Em 1816, quando o capitão de um navio ganhou a permissão de Alexandre Pétion, o segundo presidente do Haiti, para Missão Wesleyana da Inglaterra para enviar os primeiros missionários metodistas para o Haiti, ninguém poderia prever que a educação se tornaria uma parte central do legado do Metodismo no Haiti. Esse legado começou com a chegada no ano seguinte, dos dois primeiros missionários, John Brown e James Catts, que inaugurou rapidamente uma escola em Porto Príncipe.

O New Bird College é nomeado pelo missionário metodista Mark Baker Bird, que serviu no Haiti de 1839 até 1879. Bird consolidou a base para o sistema de ensino Metodista de hoje, que educa 18.000 alunos em 105 escolas primárias e 10 escolas secundárias em todo o país.

* Escrito por  James L. Gulley | Coordenador da Junta de Ministérios Globais da UMCOR para o Haiti.
Publicado originalmente em inglês no site da UMCOR

** Publicado em português no site da Expositor Cristão

Misión
Residentes del vecindario esperan recibir comida durante una jornada de distribución de alimentos en la Primera Iglesia Metodista Unida en Flushing, Nueva York. Foto Rev. Thomas Kim, Noticias MU.

Iglesias de minorías étnico-raciales colaboran para alimentar a residentes de Nueva York

Muchas iglesias de minorías étnicas han iniciado ministerios para proveer alimentos y ayudar a las comunidades locales, que luchan por cubrir sus necesidades durante la pandemia de COVID-19.
Temas Sociales
El Rev. Joel Hortiales, Director de los Ministerios Hispano-Latinos y Fronterizos de la Conferencia Anual California - Pacífico (Cal-Pac) de La Iglesia Metodista Unida, comparte en entrevista concedida a Noticias MU,  la situación de la frontera en el lado oeste y lo que los ministerios metodistas unidos están haciendo en apoyo a las familias migrantes. Fotocomposición Rev. Gustavo Vasquez, Noticias MU.

Rev. Joel Hortiales: “al sistema de migración lo desmembraron”

El Rev. Hortiales describe lo difícil y conmovedor que es escuchar como pastor las historias de padres y madres que han tenido que dejar a sus hijos menores cruzar la frontera.
Temas Sociales
El Obispo Felipe Ruiz, presidente del Comisión Nacional de Asuntos Migratorios de la iglesia metodista mexicana, comparte las experiencias de los ministerios migratorios y analiza la situación actual en un video podcast. Fotocomposición Rev. Gustavo Vasquez, Noticias MU.

Obispo Ruíz "desde nuestra comodidad nos cuesta entender el sacrificio que hacen los padres/madres migrantes"

El Obispo Felipe Ruiz, presidente del Comisión Nacional de Asuntos Migratorios de la iglesia metodista mexicana, comparte las experiencias de los ministerios migratorios y analiza la situación actual en un video podcast.