Igreja Metodista do Haiti e UMCOR reconstroem escola histórica

Translate Page

No dia 5 de setembro, representantes da Igreja Metodista do Haiti (IMH) e do Comitê Metodista Unido de Auxílio (UMCOR) comemoraram a entrega de um novo edifício escolar secundário no histórico New College Bird (NCB). O novo edifício substitui um dos três edifícios escolares do NCB  que foram destruídos pelo devastador terremoto de 2010 no Haiti.

NCB, localizado em Porto Príncipe, capital do país, é considerada hoje a escola Metodista premier no Haiti. As inscrições de 2016 – ano lectivo 2017, que começou em setembro, é de 950 alunos. Quando toda a reconstrução estiver concluída, New College Bird terá capacidade para atender 1.750 alunos.

EMH e parceria UMCOR

Edzaire Paul, diretor-geral de educação da EMH, recordou as palavras do ex-presidente da Junta de Ministérios Globais, Bispo Bruce Ough, ao presidente da IMH, Rev. Gesner Paulo, nos primeiros dias após o terremoto: “O UMCOR pode não ser o primeiro a chegar no Haiti desde o terremoto, mas vamos ser os últimos a sair. “

“O engajamento do UMCOR para reconstruir edifícios destruídos do New College Bird foi fundamental num momento em que o povo [do Haiti] estava deprimido em face de tantas necessidades. Com a ajuda do UMCOR, o NCB continua a ser uma escola de referência para o Haiti. Um provérbio haitiano diz: ” Nou Mize nan wout, homens nou pote bon nouvel”, (Estávamos um pouco lentos na estrada, mas trouxeram uma boa notícia), explica Edzaire Paul

O UMCOR financiou a maioria dos custos de reconstrução de dois edifícios do ensino secundário do NCB e vai ajudar a financiar a substituição do edifício da escola primária com uma biblioteca. A IMH forneceu as mesas, cadeiras e outros equipamentos educacionais para as novas instalações. Na cerimônia de entrega, um representante do grupo de ex-alunos da instituição, disse que outros ex-alunos vão ajudar a fornecer as salas de aula recém-concluídas, que servirão sétimas à nonas séries.

Legado de educação do metodismo no Haiti

Em 1816, quando o capitão de um navio ganhou a permissão de Alexandre Pétion, o segundo presidente do Haiti, para Missão Wesleyana da Inglaterra para enviar os primeiros missionários metodistas para o Haiti, ninguém poderia prever que a educação se tornaria uma parte central do legado do Metodismo no Haiti. Esse legado começou com a chegada no ano seguinte, dos dois primeiros missionários, John Brown e James Catts, que inaugurou rapidamente uma escola em Porto Príncipe.

O New Bird College é nomeado pelo missionário metodista Mark Baker Bird, que serviu no Haiti de 1839 até 1879. Bird consolidou a base para o sistema de ensino Metodista de hoje, que educa 18.000 alunos em 105 escolas primárias e 10 escolas secundárias em todo o país.

* Escrito por  James L. Gulley | Coordenador da Junta de Ministérios Globais da UMCOR para o Haiti.
Publicado originalmente em inglês no site da UMCOR

** Publicado em português no site da Expositor Cristão

Church Leadership
La Revda. Grandon-Mayer, quien es la primera clériga de origen chileno en servir como superintendente de distrito en la Conferencia Anual del Norte de Illinois, ha sido designada como la nueva directora de Ministerios Conexionales por el Obispo Dan Schewerin. Foto cortesía de la Revda. Fabiola Grandon-Mayer.

Nueva directora hispana en Conferencia del Norte de Illinois

El Obispo Dan Schwerin anunció dos nombramientos, efectivos a partir del 1 de julio de 2023: la Revda. Fabiola Grandon-Mayer para el cargo de Directora de Ministerios Conexionales y la Revda. Arlene Christopherson como Asistente del Obispo.
Church Leadership
El Rev. Joel Mora Peña, quien tuvo una trayectoria ministerial única sirviendo como obispo en la Iglesia Metodista de México y luego como pastor en la Conferencia Anual de Río Grande de La Iglesia Metodista Unida, murió el 3 de enero a los 88 años. Foto cortesía de Meliza Gómez.

Rev. Joel Mora Peña: un obispo mexicano que se convirtió en pastor en EE.UU.

El Rev. Joel Mora Peña, quien se desempeñó como líder episcopal en la Iglesia Metodista de México antes de emigrar a los EE. UU. y liderar como pastor, varias iglesias metodistas unidas en la Conferencia Anual de Río Grande, falleció el 3 de enero a los 88 años.
Salud Mundial
Dulce es una niña de 10 años, quien vive con una enfermedad grave llamada anemia de fanconi, que tiene un pronóstico desalentador. Dulce niña guatemalteca Foto cortesía de Defensa Metodista Unida de Carolina del Sur. Foto cortesía de la Conferencia Anual de Carolina del Sur.

Misión médica metodista espera traer esperanza a niña guatemalteca

Sanando Guatemala pudo encontrar un hospital en Corea del Sur, donde los costos son un tercio en comparación con los Estados Unidos, donde pudiera ser operada Dulce, y esta ayudando a conseguir los fondos para ayudar a la familia a cubrir la intervención.