Igreja virtual continuará após o COVID-19

Other Manual Translations: English Español

Pontos chave:

  • O Rev. Brady Whitton é convencido das virtudes de fazer igreja usando a internet.
  • Três pessoas estão agora conectadas à Primeira Igreja Metodista Unida de Baton Rouge, Louisiana, por causa do contato online.
  • Um homem com deficiência é agora um anfitrião no site da igreja.

Realizar a igreja na internet não vai desaparecer mesmo que o COVID-19 desapareça, de acordo com um pastor Metodista Unido em Louisiana.

“Eu tenho visto o Espírito Santo trabalhando de maneira mais poderosa através do ministério online nos últimos dois anos do que através do ministério presencial”, disse o Rev. Brady Whitton, pastor sênior da Primeira Igreja Metodista Unida de Baton Rouge.

“Ministério online é ministério real.”

À medida que a presença na web da igreja crescia, Whitton testemunhou histórias de sucesso como:

  • Uma idosa com medo de sair de casa por causa do coronavírus que se aventurou pela primeira vez a um estudo bíblico presencial.
  • Um homem com paralisia cerebral, ansiedade social e depressão que se tornou um participante ativo da igreja, chegando até a se tornar um anfitrião online do site da igreja; e
  • Uma ex-participante da igreja que se mudou para a Austrália, mas se tornou um ávido adorador online da Primeira Metodista Unida quando essa nação impôs uma das políticas de isolamento COVID-19 mais rígidas do mundo.

Kayla Alexander é essa residente na Austrália. Ela se mudou para lá depois de conhecer o marido Jamie, um médico, durante uma visita prolongada. Desde o casamento, eles adicionaram os filhos Levi, Brooks e Brady à família.

Eles trouxeram Brady para o Primeira Metodista Unida para ser batizado durante uma visita. Embora o jovem não tenha o nome direto do pastor principal da igreja de Louisiana, também não é inteiramente uma coincidência.

“Ele nasceu durante o bloqueio”, disse Alexander. “Criamos o nome enquanto assistíamos ao sermão do (Rev.) Brady”.

Alexander frequentava a igreja de forma intermitente quando menina e se reconectou através de seu ministério na Internet quando Melbourne promulgou uma das políticas de isolamento mais duras por causa do COVID-19.

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

“Fui batizada lá, junto com meus primos”, disse ela. “Mas eu frequentava outras igrejas porque na verdade morávamos em Denham Springs (Louisiana), não em Baton Rouge, onde fica.”

Os sermões de Whitton a fizeram voltar ao culto durante o bloqueio.

“Preferimos estar presencialmente”, disse Alexander. “Mas com os serviços online, senti que estava recebendo um toque de casa. Os sermões foram ótimos... e parecia que estávamos pessoalmente, porque eu ainda era capaz de receber a mensagem e ouvir sua bela música.”

“Ele ofereceu esperança em um momento incerto.”

Os sermões de Whitton também atraíram Harold Millican, um auxiliar de biblioteca que vive com paralisia cerebral, depressão e ansiedade. Ele começou a assistir às transmissões da Primeira Metodista Unida em uma estação de televisão local, depois mudou-se para a internet.

“Em certos momentos, parecia que o Rev. Brady estava falando diretamente comigo”, disse Millican. “Assistir a seus sermões me permitiu sentir a presença de Deus.”

A mensagem de Whitton de que Millican não precisava viver com dor chegou até ele em um momento difícil.

“Eu estava passando por minha depressão e ansiedade porque tive um semestre difícil na primavera (trabalhando para um mestrado em biblioteconomia) em 2021”, disse ele. “Houve um tempo em que eu não sabia se ia conseguir ou não.”

Por causa de sua deficiência, muitas vezes ele foi tratado “como uma peça de mobília”, disse Millican. Ele também teve um problema com a bebida antes de parar de beber em 2019.

“Eu era bem-educado e não falei nada por muito tempo”, disse ele. “O que posso dizer sobre o ministério online é que eles me ouviram em alto e bom som e disseram: 'Vamos!'”

Sua deficiência, que torna difícil, mas não impossível para ele dirigir, não é um problema com seus amigos da igreja – assim como sua sexualidade, disse ele.

Millican, que se descreve como “um cristão GLBT”, disse: “Brady me disse que sou um filho de Deus, que sou bem-vindo em sua igreja, que estou apto e digno para o ministério”.

Um sermão que Whitton pregou sobre o irmão do pastor Rocky, que morreu como resultado da AIDS, foi poderoso, disse Millican.

"Seu irmão foi um metodista ao longo da vida", disse ele. “Mesmo que ele tenha vindo à igreja, era apenas difícil para eles reconhecerem que ele tinha AIDS.”

A certa altura, Whitton olhou diretamente para a câmera e disse: “Você é amado. Você é procurado. Você é um filho de Deus.”

Millican disse que era algo que ele precisava ouvir.

Agora, ele é um dos anfitriões do ministério online da Primeira Metodista Unida e hospeda um estudo bíblico virtual uma vez por semana.

“Eu definitivamente gosto do ministério online”, disse Millican. “Gosto da oportunidade de estudar com indivíduos que pensam da mesma forma e estou animado com o ângulo de justiça social que a igreja está adotando, porque acredito que não podemos fechar os olhos para as injustiças do mundo”.

Whitton ofereceu outra história de sucesso na internet, por meio de um programa chamado Next Steps (Próximos Passos). Quando alguém visita a igreja três vezes – inclusive virtualmente – é convidado para um jantar para aprender mais sobre a igreja. Às vezes é realizado na casa do pastor, outras vezes em um restaurante.

Uma mulher, que está na casa dos 70 anos, nunca havia pisado na igreja. Mas em sua primeira saída desde o COVID-19, ela apareceu no jantar Next Steps.

“Bem, na quinta-feira passada, adivinhe quem entrou pela porta do estudo bíblico?” disse Whitton. “Então ela deixou de ser uma adoradora online, participando de um evento social, fazendo um estudo bíblico online – e agora ela está pessoalmente no estudo bíblico. Assim, você pode ver como funciona a divulgação online.”

O pastor disse que o ministério da internet está “a todo vapor”, independentemente do status do coronavírus. Whitton lidera dois estudos bíblicos durante a semana, ambos híbridos, ele disse: “Então, tenho pessoas na sala e tenho pessoas online, e vamos continuar fazendo isso”.

As reuniões administrativas também estão se tornando híbridas.

“É um pouco difícil porque acho que a tendência é dizer: 'OK, essa temporada acabou'”, disse ele.

“Mas eu pessoalmente vi muitos frutos nascidos disso. Eu sou um convertido.”

*Patterson é repórter da Notícias MU em Nashville, Tennessee. Entre em contato com ele pelo telefone 615-742-5470 ou [email protected] Para ler mais notícias dos Metodistas Unidos, assine os resumos diários ou semanais gratuitos.

** Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected]. Para ler mais notícias dos Metodistas Unidos, assine os resumos quinzenais gratuitos.

Área Geral da Igreja
O Rev. Gary Graves dá instruções aos delegados durante a Conferência Geral Metodista Unida de 2019 em St. Louis. Os organizadores da Conferência Geral estão formando duas equipes para analisar vistos e logística na esperança de evitar mais atrasos na assembleia legislativa da denominação após seu adiamento para 2024. Graves é secretário da Conferência Geral. Foto de arquivo por Mike DuBose, Notícias MU.

Esforço visa impedir atrasos na Conferência Geral

Os organizadores da principal assembleia legislativa da Igreja Metodista Unida procuram abordar as principais questões que os levaram a adiar a Conferência Geral pela terceira vez.
Área Geral da Igreja
Nesta foto de arquivo, os delegados consideram a legislação durante a Conferência Geral Metodista Unida de 2016 em Portland, Oregon. Citando preocupações em torno do COVID-19 e da disponibilidade de vistos, um grupo de 170 delegados enviou uma carta aos organizadores pedindo que a próxima Conferência Geral seja adiada para 2024. Um grupo de advocacia africano está pedindo que a Conferência Geral avance este ano. Foto por Mike DuBose, Notícias MU.

Delegados pedem adiamento da Conferência Geral

Uma carta assinada por 170 delegados à Conferência Geral pediu à comissão organizadora que adiasse a assembleia legislativa até 2024. Entretanto, outro grupo em África apela a que se realize este ano conforme previsto.
Igreja Local
Os membros da Igreja Metodista Unida de St. Paul em Lakeland, Tennessee, encenam a Natividade em 2020. A igreja planeja realizar seu culto de véspera de Natal na frente do estábulo e da manjedoura este ano. As igrejas continuam a ser criativas para encontrar maneiras de celebrar o nascimento de Cristo e manter as pessoas seguras durante o segundo ano da pandemia COVID-19. Foto cortesia da Igreja Metodista Unida de St. Paul.

Revivendo a alegria do Natal em tempos difíceis

Neste segundo ano de pandemia, as igrejas Metodistas Unidas estão a tornar-se criativas para ajudar as pessoas a experienciar o nascimento de Cristo e a pura luz do seu amor.