Apoiando o evangelismo Wesleyano em meio à pandemia

Other Manual Translations: English Français Español

Pontos chave:

• Neste tempo de pandemia global, o Evangelismo Metodista Mundial adaptou seu trabalho de equipar as pessoas para compartilhar o amor de Cristo.

• Isso inclui ajudar a construir uma comunidade de mídia social em torno da oração e da prática de jejum de John Wesley.

• Agora no seu 50º ano, o Evangelismo Metodista Mundial ainda ajuda a Igreja Metodista Unida e denominações irmãs Wesleyanas a fazerem novos discípulos.


Com o que o evangelismo tempo de COVID-19 se parece?

Para o World Methodist Evangelism (Evangelismo Metodista Mundial), a pandemia significou alguns ajustes, mas também algumas novas oportunidades para ajudar a família Wesleyana a compartilhar o amor de Cristo.

“Por um lado, o COVID limitou as nossas viagens e inibiu-nos de fazer grandes eventos de pregação”, disse a Revda. Kimberly Reisman, a directora executiva da organização e uma anciã Metodista Unido.

“Mas isso não nos impediu de envolver, equipar e treinar as pessoas que estão no local ajudando seu povo.”

Como muitas igrejas locais, o Evangelismo Metodista Mundial levou muitas de suas atividades para o online. No processo, a organização autossustentável tem visto crescer o seu alcance global, uma vez que marca o seu 50º aniversário.

The Rev. Kimberly Reisman, executive director, World Methodist Evangelism. Photo by Mike DuBose, UM News. 

A Revda. Kimberly Reisman, directora executiva, do Evangelismo Metodista Mundial.
Foto de Mike DuBose, Notícias MU.

A fome pela mensagem do Evangelho é, de certa forma, ainda maior nesta época de surto de vírus e viagens limitadas, Reisman disse.

“As pessoas precisam de conexão”, disse ela. “Elas estão fazendo grandes perguntas durante este tempo de COVID - grandes questões espirituais sobre vida, doença e luta, e 'Onde está Deus no meio de tudo isso?' E essas são perguntas de fé que são respondidas melhor no contexto de relacionamentos de confiança onde as pessoas podem explorar umas com as outras.”

Essas conversas podem estar acontecendo online em vez de cara a cara. Mas as pessoas ainda têm oportunidades de compartilhar sua fé, disse Reisman. Ela vê o papel do Evangelismo Metodista Mundial ajudando a capacitar os cristãos a fazer isso - usando as ferramentas e tecnologia disponíveis. 

Por exemplo, Reisman usou a página da organização no Facebook para trazer uma das disciplinas espirituais de John Wesley para a era da mídia social.

Às 8 da manhã, horário do leste dos Estados Unidos, todas as quintas-feiras, ela lidera uma oração ao vivo no Facebook que também incentiva aqueles que oram a se unirem à prática de Wesley de jejuar do pôr-do-sol de quinta-feira ao pôr-do-sol de sexta-feira. Reisman normalmente se veste de preto durante o tempo de oração como parte do movimento global "Thursdays in Black" (Quinta-feira de preto) do Conselho Mundial de Igrejas contra a violência de gênero.

A cada semana, cerca de 1.500 pessoas de 47 países participam.

O Rev. Edgar De Jesus, pastor da Igreja Metodista Unida Davis Street em Burlington, Carolina do Norte, é um dos participantes semanais.

Ele disse que participar da oração e do jejum o aproxima de Jesus e o incentiva a orar pelos metodistas em todo o mundo.

“Acredito fortemente que a oração e o jejum são essenciais para a nossa identidade espiritual como seguidores de Cristo e como pessoas chamadas de metodistas”, disse De Jesus, que também é presidente da Associação Nacional de Metodistas Unidos Filipino-Americanos.

“É mais vital agora do que nunca, pois continuamos a enfrentar as ameaças do COVID-19.”

A oração semanal no Facebook é uma maneira pela qual o Evangelismo Metodista Mundial continua meio século de ministério.

“Durante os seus 50 anos de existência, o Evangelismo Metodista Mundial equipou consistentemente pessoas de todo o mundo para partilhar as Boas Novas de Jesus Cristo”, disse a Bispa Metodista Unido Debra Wallace-Padgett, que lidera as conferências North Alabama e Holston. Ela também preside o comitê do Conselho Metodista Mundial sobre evangelismo.

Conselho Metodista Mundial de 140 anos, de nome semelhante, estabeleceu o Evangelismo Metodista Mundial em 1971. O conselho ecumênico - hoje composto por 80 denominações Wesleyana / Metodista incluindo a Igreja Metodista Unida - formou o ministério de evangelismo com o objetivo “para todas as pessoas chamadas metodistas irem juntas à missão mundial e evangelismo”.

Sir Alan Walker, um líder religioso e nacional de Sydney, Austrália, tornou-se o primeiro diretor mundial da organização em 1978 e ocupou o cargo por 10 anos. Seu sucessor foi o Rev. H. Eddie Fox, um pioneiro do evangelismo Metodista Unido que morreu em julho aos 83 anos.

Durante seu mandato de 26 anos como líder do Evangelismo Metodista Mundial, Fox ajudou as congregações do Leste Europeu a ganharem vida após o colapso do comunismo. Ele também desenvolveu uma edição do Novo Testamento e Salmos para ajudar a compartilhar a fé.

Evangelismo Metodista Mundial

Desde 1971, o Evangelismo Metodista Mundial tem treinado e fornecido recursos para mais de 84 milhões de Cristãos em mais de 134 países dentro de uma ampla gama de tradições Wesleyanas.

Para comemorar o seu 50º aniversário, a organização montou um cronograma e vídeo.

“Evangelismo é sobre a ideia radical de que toda a criação - seres humanos, natureza, todo o universo - toda a criação precisa ser curada, precisa ser transformada, precisa ser salva”, diz a Revda. Kimberly Reisman, a executiva do grupo diretor, no vídeo. “E é a ideia radical de que podemos nos unir a Deus nessa obra de transformação, cura e salvação”.

A organização é autossustentável. As pessoas podem doar para o ministério aqui.

Apoiadores do Evangelismo Metodista Mundial dizem que Reisman como sucessor de Fox está continuando e construindo seu legado.

“Kim agora tem uma grande equipe de líderes trabalhando juntos na comunicação das Boas Novas de Cristo, juntos oferecendo treinamento de evangelismo por meio da mídia social e outras formas de mídia, e impactando vidas em todo o mundo”, disse o Rev. Winston Worrell, pastor da Igreja Metodista Unida Northwoods em Doraville, Geórgia.

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

Anteriormente, ele liderou o Instituto Evangelismo Metodista Mundial na Faculdade de Teologia Candler da Universidade Emory. Tanto o instituto quanto a organização trabalham em colaboração, e Reisman faz parte do conselho consultivo.

“Estou ansioso por coisas maiores por meio do WME”, disse Worrell.

O grupo não recebe fundos orçados do Conselho Metodista Mundial ou denominações, mas em vez disso, depende de doações de congregações, ministérios e indivíduos que apoiam seu trabalho.

Esse trabalho segue uma tradição que remonta a John e Charles Wesley, disse o bispo metodista unido aposentado B. Michael Watson.

“Desde o tempo dos Wesleys, os metodistas têm visto o mundo como nossa paróquia”, disse Watson, ex-presidente de Evangelismo Metodista Mundial e presidente do comitê de evangelismo do Conselho Metodista Mundial. Ele agora é pastor sênior interino da Igreja Metodista Unida Riverchase em Birmingham, Alabama.

“Procuramos nos unir em ministérios de evangelismo em toda a face da Terra, em todos os continentes, tanto quanto podemos fazer”, acrescentou Watson. “Regozijamo-nos com esta longa herança de evangelismo missionário em Cristo.”

Hoje, realiza seu trabalho com recursos como a série de vídeos Plain Truth (Verdade Plena), que responde a perguntas sobre a fé cristã, e Real Faith - Real World podcasts (Fé Real - Mundo Real), uma exploração do evangelismo iniciada durante a pandemia.

Reisman também publicou “Embrace: Showing and Sharing the Love of Jesus" (Abraço: Mostrando e Compartilhando o Amor de Jesus), uma apostila projetada para uso individual e em pequenos grupos.

Além disso, a organização oferece eventos de treinamento como a reunião de jovens Metanoia (da palavra grega do Novo Testamento para conversão espiritual) e a Ordem da FLAME (CHAMA), que significa Faithful Leaders as Mission Evangelists (Líderes Fiéis como Evangelistas Missionários).

Próximos eventos incluem uma cúpula virtual sobre evangelismo em 16 de setembro, e a 25ª reunião aniversário da Order of the FLAME (Ordem da Chama) de 4 a 8 de outubro, da Igreja Metodista Unida Christ, em Memphis, Tennessee. O reencontro terá opções virtuais e presenciais disponíveis.

Um benefício dos eventos do grupo é como eles reúnem os vários sabores do Metodismo, disse o Rev. Zach Szmara, pastor da Igreja Wesleyana e diretor nacional da Immigrant Connection (Conexão Imigrante).

“Estar perto de uma pregação poderosa que é diferente do que você normalmente ouve é realmente ótimo”, disse Szmara, que foi um orador da Ordem da FLAME.

“Às vezes, se você vai a uma conferência com apenas uma denominação, é como ir a uma festa da igreja e todos trazem a mesma comida. Esse não é o potluck que você quer ir.”

O Rev. Kaloma A. Smith, pastor da Igreja Metodista Episcopal Zion da Universidade Africana em Palo Alto, Califórnia, colocou desta forma:

“O atendimento não é apenas um pouco de pimenta em uma sala cheia de sal”, disse ele. “Eles fazem um trabalho incrível em torná-lo não apenas dominado pela América do Norte. Eles trazem pessoas do Sul Global e da Europa.”

Ele acrescentou que a organização é boa em compreender os diversos contextos nos quais o evangelismo ocorre.

Sua igreja usou a estrutura do Reisman’s Embrace (Abraço do Reisman) a seu alcance. Smith encontrou o sucesso em alcançar pessoas tão diferentes quanto aposentados afro-americanos e estudantes asiático-americanos da Universidade de Stanford, nas proximidades.

As mudanças provocadas pela pandemia provavelmente afetarão o trabalho de evangelismo nos próximos anos. Isso não é necessariamente uma coisa ruim, atesta Reisman.

Embora sempre haja a necessidade de encontros pessoais, Reisman disse, as avenidas digitais continuarão a ter um lugar para ajudar a mensagem do Evangelho a cruzar as fronteiras, incluindo em lugares onde as congregações organizadas são poucas ou inexistentes.

“O WME tem trabalhado consistentemente para equipar outros para serem uma luz que os conduza a Cristo em qualquer contexto em que se encontrem, e para sermos nós mesmos essa luz”, disse Reisman. “Oro para que a dedicação permaneça tão forte em nossos próximos 50 anos quanto permaneceu no primeiro.”

 

*Hahn é editora assistente de notícias da Notícias MU. Contate-a em (615) 742-5470 ou [email protected]. Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos quinzenais gratuitos.

**Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected]

“Evangelismo Metodista Mundial celebra seu 50º aniversário com um vídeo destacando o trabalho do grupo ajudando a família Wesleyana global a se tornarem agentes de transformação, compartilhando o evangelho. Vídeo cortesia do Evangelismo Metodista Mundial.

Área Geral da Igreja
Enquanto os organizadores da Conferência Geral Metodista Unida olham para a possibilidade de uma sessão presencial em 2022, a nova variante apresenta novos desafios. Cortesia da imagem do coronavírus do Centers for Disease Control and Prevention (Centro para Controle e Prevenção de Doenças) dos EUA. Gráfico por Laurens Glass, Notícias MU.

Vírus atormenta Planejamento da Conferência Geral

Após dois adiamentos, os organizadores continuam a trabalhar para realizar a Assembleia Legislativa Metodista Unida no próximo ano. No entanto, a variante delta apresenta novos desafios.
Área Geral da Igreja
O coro da Igreja Metodista Unida Red Mountain em Mesa, Arizona, canta "Jesus no Centro" durante o culto de abertura da sessão especial online da Jurisdição Ocidental em 17 de julho. Tanto a Jurisdição Ocidental quanto a Jurisdição Sudeste realizaram sessões especiais recentemente e respondem a questões que afetam o futuro da igreja. Captura de tela cortesia da Jurisdição Ocidental via Zoom da Notícias MU.

2 jurisdições planejam para o futuro da igreja

A Jurisdição Metodista Unida do Sudeste aprovou a adesão de duas conferências anuais, e a Jurisdição Ocidental discutiu o papel dos bispos.
Church Leadership
Rev. Ken Sharpe. Foto de cortesia da Igreja Metodista Unida Emanuel.

Foco na amizade divulga e ajuda a IMU Emanuel de Brunswick a crescer

Concentrar-se na amizade e na divulgação ajuda a Emanuel United Methodist Church em Brunswick a crescer