Delegados mapeiam a visão para o futuro da igreja

Translate Page

Um grupo de delegados da Conferência Geral pediu aos Metodistas Unidos de todo o mundo para os ajudar a imaginar uma igreja melhor. 

Com esse feedback, os delegados agora veem aquela futura igreja no horizonte e traçaram uma maneira de chegar lá.

O grupo internacional revelou seu mapa de visão, “Out of Chaos, Creation (Fora do Caos, Criação): Imaginando uma maneira melhor de ser metodista unido”, no dia 19 de fevereiro em inglês, espanhol e francês. O grupo também tem planos de traduzir o documento de 10 páginas para o tagalo e o alemão.

“Estamos comprometidos em ser a Igreja juntos, apesar de nossas diferenças (Efésios 4:4)”, diz o mapa de visão. “Cada um de nós tem um lugar à mesa de Deus.”

O documento se dirige a uma denominação onde muitos não querem ficar juntos. Após décadas de debate sobre o status das pessoas LGBTQ, a próxima Conferência Geral enfrenta várias propostas de divisão ao longo de linhas teológicas.

Essa legislação inclui o muito endossado Protocolo de Reconciliação e Graça através da Separação, um acordo mediado sob o qual uma coalizão tradicionalista já planeja formar uma nova denominação. Um grupo liberacionista também tem planos para uma nova denominação.

O mapa de visão - produzido pelos Metodistas Unidos em todos os quatro continentes onde a denominação está presente - não faz menção ao protocolo ou aos grupos separatistas. No entanto, o documento afirma uma posição sobre a inclusão LGBTQ.

“Não decidimos quem se senta à mesa de Deus”, diz o documento. “Portanto, nos arrependemos dos danos causadosàs pessoas LGBTQIA + pela Igreja Metodista Unida e desejamos aprofundar a conversa sobre a sexualidade humana, para além de um enfoque singular nas pessoas LGBTQIA +.”

O documento apela para que a Igreja Metodista Unida seja inclusiva também de outras formas. Especificamente, o documento pede que a denominação seja mais global, descolonizando as relações missionais da denominação e rejeitando o centrismo norte-americano. O documento também pede que a igreja seja antirracista.

A equipe de redação do documento veio predominantemente de conferências centrais - regiões Metodistas Unidas na África, Europa e Filipinas.

No desenvolvimento do mapa de visão, a equipe recebeu feedback de dois conjuntos de webinars em 2020, bem como resultados de pesquisas.

A pesquisa atraiu 102 entrevistados de todas as cinco jurisdições dos EUA e quatro conferências centrais, disse a Revda. Cristine Carnate-Atrero, co-presidente da equipe de redatores e pastora nas Filipinas.

“O mapa de visão é uma imagem que descreve o quadro total ou inteiro dos respondentes, aspirações e visões dos entrevistados”, disse Carnate-Atrero, que atende por Tintin e é uma delegada da Conferência do Meio das Filipinas. 

“Esperamos que a igreja mais ampla, especialmente os colegas da Conferência Geral / Conferência Central / delegados jurisdicionais, considerem este mapa de visão como uma voz de indivíduos não silenciados de diferentes partes da conexão”, acrescentou ela.

O grupo “Out of Chaos, Creation” juntou-se quando a pandemia COVID-19 forçou o adiamento da Conferência Geral de maio de 2020 para 29 de agosto a 7 de setembro desse ano em Minneapolis. Os membros do grupo chamaram o atraso inesperado da principal assembleia legislativa da denominação de “momento kairos” - do grego para um momento oportuno.

O objetivo deles era usar a pausa no funcionamento normal para refletir sobre a visão da igreja e atrair mais Metodistas Unidos para a conversa sobre o futuro da igreja.

O grupo disse que não se reuniu inicialmente para apoiar qualquer agenda legislativa específica. No entanto, o mapa de visão oferece suporte para duas propostas apresentadas antes da Conferência Geral.

Especificamente, o documento incentiva a igreja a estudar “Enviados com Amor: Uma Compreensão Metodista Unida da Igreja”, um documento proposto pela Comissão de Fé e Ordem da denominação que discute o que torna distinto o Metodismo Unido.

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

O documento também apoia a aprovação de legislação de regionalização - como o Pacto de Natal e a proposta da Mesa Conexional de fazer dos Estados Unidos uma conferência regional - “para que o ministério possa ser desenvolvido contextualmente e para que as questões que dividem dentro de uma região não se tornem pesos excessivos em nossa conexão global.”

Além disso, o documento apoia a eliminação das jurisdições dos Estados Unidos até 2028, uma medida que exigiria emendas à constituição da denominação.

“Uma vez que nossa visão ficou clara, percebemos que algumas petições do GC apontam a UMC na direção que acreditamos ser desejável”, disse Christine Schneider, a outra co-presidente da equipe de redatores e delegada reserva da Suíça-França-Norte Conferência da África.

De uma forma mais geral, Schneider disse que espera que o documento incentive “boas maneiras à mesa” sempre que os Metodistas Unidos se reúnem. Para tanto, o documento traz algumas dicas sobre como se comportar em uma mesa compartilhada, incluindo o lembrete de que “Deus é o anfitrião da mesa”.

Na Conferência Geral típica, as delegações se sentam em mesas separadas, sempre divididas por geografia e frequentemente por idioma. Aqueles não eleitos como delegados não estão nas mesas, mas a uma distância notável para evitar interferência na votação.

No entanto, os delegados têm uma mesa mais aberta em mente ao escrever sobre o futuro da igreja - a mesa da comunhão que reúne os cristãos na fé em Cristo.

Essa mesa deve ser um modelo para a interação Metodista Unida, disse a Revda. Betty Kazadi Musau, outro membro da equipe de redatores. Ela é uma delegada da Conferência de North Katanga no Congo, membro do conselho das Comunicações Metodistas Unidas e defensora das mulheres indígenas.

“Porque a mesa eucarística acolhe a todos para negociar, ouvir reciprocamente, fisicamente e com o coração, podemos trabalhar juntos como filhos de Deus”, disse ela.

A reverenda Anne-Marie Detjen, a principal redatora do mapa e delegada da Alemanha, disse que também espera que o mapa possa ajudar a fornecer um senso de direção. Ela comparou o mapa ao sistema GPS que usa sempre que viaja de carro.

“Ligo meu GPS porque também me ajuda a avaliar melhor o caminho”, disse ela. “Nosso mapa de visão pode ser entendido de maneira semelhante: ele nos ajuda a manter a confiança no caminho e saber se ainda estamos no caminho certo.”

 

*Hahn é editor assistente de notícias da Notícias MU. Contate-a em (615) 742-5470 ou [email protected] . Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos quinzenais gratuitos.

**Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected]

Preocupações Sociais
Rev Calton Ngale, pastor de Manga, pregando no dia que a Paroquia ofereceu a casa a viuva Victoria Jamisse. Beira, foto de Eurico Gustavo.

Viúva recebe casa construída e doada pela Igreja

A congregação Metodista Unida da Manga, na região de Beira, Moçambique, se uniu para realizar a construção e doação de uma casa segura para acolher a viúva Victória Jamisse de 85 anos de idade, após sua residência precária ter sido destruída pelo ciclone Idai em 2020, e mais recentemente pelos ciclones, Eloise, Ana e Gombe.
Conselho Judicial
Os bispos metodistas unidos processam o culto de abertura da Conferência Geral especial de 2019 em St. Louis. O Conselho Judicial, o principal tribunal da Igreja Metodista Unida, divulgou um memorando que esclarece uma decisão anterior sobre as eleições de bispos. Foto de arquivo por Mike DuBose, Notícias MU.

Tribunal da Igreja modifica decisão sobre eleições de bispos

O tribunal superior da Igreja Metodista Unida estabeleceu o dia 1º de janeiro de 2023 como a data em que os bispos dos EUA que enfrentam a aposentadoria compulsória devem deixar o cargo, e seus sucessores recém-eleitos tomarem posse.
Preocupações Sociais
As alunas aprendem a desenhar e a tirar medidas no material de costura durante uma aula no Centro de Formação de Mulheres da Igreja Metodista Unida em Bugembe, Uganda. O centro trabalha com mulheres, jovens, sobreviventes de abuso sexual, pessoas deslocadas e outras da comunidade. O objectivo é melhorar as condições de subsistência por meio de formação e educação vocacional. Foto de Gad Maiga, Noticias da MU.

Subvenções enriquecem o alcance Metodista Unido na África Oriental

Os parceiros dos Ministérios da IMU e Harper Hill Global angariaram mais de US$ 13.000 para auxiliar projectos na Conferência Uganda-Sudão do Sul.