Esforços cooperativos da igreja ajudam na recuperação do Congo depois de erupção do vulcão

Other Manual Translations: English

Pontos chave:

 •  Mais de 3.500 casas foram destruídas e mais de 450.000 evacuadas após a erupção do vulcão Monte Nyiragongo em 22 de maio.

 •  Servindo em parceria, a Comissão Metodista Unida de Auxílio e o Connexio Suíça respondem às necessidades urgentes após o desastre.

 •  A resposta foi creditada por ministrar às pessoas, independentemente da tribo ou religião.


Em 22 de maio, o vulcão Monte Nyiragongo, na República Democrática do Congo, entrou em erupção. A 16 km de distância, em Goma, mais de 3.500 casas foram destruídas e a lava vulcânica dizimou campos e animais. Mais de 450.000 pessoas foram evacuadas. O bispo Gabriel Yemba Unda, da Área Episcopal do Leste do Congo, imediatamente pediu ajuda para socorrer os sobreviventes, que precisavam desesperadamente de alimentos, remédios e água.

Graças ao apoio financeiro da Comissão Metodista Unida de Auxílio e Connexio, a rede de missões da Igreja Metodista Suíça, os sobreviventes receberam alimentos e tiveram outras necessidades atendidas. Em junho, 500 famílias deslocadas receberam duas rodadas de assistência. Com uma doação de solidariedade da Junta Metodista Unida de Ministérios Globais, $ 10.000 forneceram ajuda de emergência aos deslocados em torno de Mujoga e Majengo.

Jean Paul Dietrich, missionário da Junta Metodista Unida de Ministérios Globais e representante da Connexio Suíça com sede em Lubumbashi, RDC, disse que a assistência beneficia os sobreviventes do leste da RDC. Connexio inicialmente serviu os fiéis Metodistas Unidos de Goma, que estavam em Bukavu, Sake e Rutshuru, com $ 5.000 em alimentos e outras necessidades. Agora, a rede missionária está ajudando mais de 200 famílias das mais vulneráveis - especialmente mulheres grávidas, idosos e pessoas com deficiência - com uma quantia de US $ 20.000.

“Os critérios de seleção de beneficiários foram baseados na vulnerabilidade”, disse Michel Kizibisha, gerente de projeto na Conferência Anual Provisória de Kivu.

Volunteer Zacky Kabunga explains the process for the distribution of relief supplies in Kabati, Congo. Photo by Philippe Kituka Lolonga, UM News. 

 

O voluntário Zacky Kabunga explica o processo de distribuição de suprimentos de socorro em Kabati, Congo. Foto de Philippe Kituka Lolonga, Notícias MU.

 

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

De acordo com o Dr. Damas Lushima, coordenador de saúde na Conferência Anual do Leste do Congo, o dinheiro também foi usado para comprar medicamentos para sobreviventes. Leonard Shako, uma enfermeira registrada no Centro de Saúde Majengo em Goma, disse: “Os medicamentos que recebi hoje ajudarão as vítimas do vulcão Nyiragongo a receber atendimento ambulatorial em diferentes locais”.

O pastor Amsini Valentin, da Igreja Local Majengo em Goma, expressou esperança de que o auxílio inicial inspire outras pessoas a estender a mão para seus vizinhos.

“A maioria dos meus fiéis perdeu suas casas e bens”, disse ele. “Hoje [a comida e outras doações] vão ajudar meus fiéis enquanto esperam o governo tomar medidas” para que as pessoas voltem para casa.

O Rev. Henry Jean Robert Kasongo Numbize, superintendente do distrito de Goma, atribuiu à Igreja Metodista Unida o ministério de pessoas independentemente da tribo ou religião.

“A Igreja Metodista”, disse Ukizevuba Gaspard, “veio em nosso auxílio quando a maioria das vítimas nem eram Metodistas Unidos”. As doações incluem milho, farinha de mandioca, óleo de cozinha, uma bacia, pratos, colheres, sabão, lona, sal, escovas e pasta de dente para as famílias afetadas.

Rebeca Lamirwa, seated on her hand-cranked tricycle, receives relief supplies reserved for people with handicapping conditions from the United Methodist Committee on Relief and Connexio Switzerland in Goma, Congo. Photo by Philippe Kituka Lolonga, UM News. 
Rebeca Lamirwa, sentada em seu triciclo de manivela, recebe suprimentos de socorro reservados para pessoas com deficiência do Comitê de Socorro Metodista Unido e da Conexão Suíça em Goma, Congo. Foto de Philippe Kituka Lolonga, Notícias MU.

Gilbert Kahasha, 85, disse que a resposta provou que a Igreja Metodista Unida “prega o evangelho, tendo em consideração as pessoas vulneráveis. Perdi minha casa e hoje moro no sítio Bujari em Kibati. É a primeira vez que tenho uma grande quantidade de comida desde que estou aqui.”

Jean Tshomba, que coordena o escritório de gestão de desastres da UMCOR no leste do Congo, disse que a Igreja está buscando novas maneiras de responder às enormes necessidades. “Peço a esta população devastada que se ame”, disse ele, “porque hoje a igreja acaba de demonstrar seu amor”.

“Somente Deus, o criador do mundo, continuará a ajudar esta população ferida”, disse Unda. “Agradeço ao Connexio Suiça e à UMCOR pela rápida ajuda prestada à população de Goma.”

 

* Kituka Lolonga é comunicador na Conferência de Kivu. Contato com a mídia de notícias: Julie Dwyer, editora de notícias, [email protected] ou 615-742-5469. Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos diários ou semanais gratuitos.

** Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected]. Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos quinzenais gratuitos.

Missão
A Igreja Metodista Unida de Bound Brook, em Bound Brook, NJ, está lidando com os danos causados pela enchente do furacão Ida, incluindo na sua loja de artigos usados. Foto cortesia do Rev. Chuck Coblentz.

Conexão Metodista Unida entra em ação depois do Ida

Relatos de danos a igrejas estão aumentando na Louisiana e no Nordeste. Por sua vez, as áreas menos afetadas estão ajudando, incluindo doações da ordem de US $ 100.000 da Conferência Anual do Alabama-West Florida para a Conferência Anual da Louisiana.
Missão
Moradores caminham em uma estrada danificada em Rampe, Haiti, na quarta-feira, 18 de agosto de 2021, quatro dias depois que um terremoto de magnitude 7,2 atingiu a parte sudoeste do país. Foto cedida por Associated Press / Matias Delacroix.

UMCOR envia primeiros subsídios para ajuda ao Haiti

UMCOR tem uma longa história de trabalho no Haiti para recuperação de desastres. No terremoto de 2010, ele estava presente quando dois de seus missionários morreram.
Missão
Uma vista de um edifício que passou após um terremoto em Les Cayes, Haiti, visto nesta imagem estática de um vídeo obtido pela Reuters em 14 de agosto de 2021. Metodistas Unidos estão trabalhando com parceiros de longa data no Haiti para responder à magnitude 7 , 2 terremotos e quando uma grande tempestade se aproxima. Foto cedida pela REUTERS TV.

Ao lado do Haiti em meio a terremoto e tempestade

Como em 2016, os ministérios Metodistas Unidos estão trabalhando com igrejas e agências parceiras no Haiti para responder ao terremoto de magnitude 7,2 em meio a uma forte tempestade tropical.