UMCOR

Missão
Uma equipa da Comissão Metodista Unida de Socorro, juntamente com agências parceiras, distribui suprimentos de tratamento de água para as pessoas que vivem em um campo improvisado em Gressier, Haiti, em 2010. A directoria dos Ministérios Globais Metodistas Unidos e da Comissão Metodista Unida de Socorro designou US $110.000 para fornecer ajuda humanitária no Haiti. Foto de arquivo por Mike DuBose, UM News.

Ministérios Globais, UMCOR aprova US $10 milhões em subsídios

Embora reconhecendo o cansaço dos trabalhadores humanitários após desastres em todo o mundo, a directoria dos Ministérios Globais da Metodista Unida e da Comissão Metodista Unida de Socorro avançou, aprovando mais de $10 milhões em subsídios na sua reunião de Outono.
Missão
Moradores caminham em uma estrada danificada em Rampe, Haiti, na quarta-feira, 18 de agosto de 2021, quatro dias depois que um terremoto de magnitude 7,2 atingiu a parte sudoeste do país. Foto cedida por Associated Press / Matias Delacroix.

UMCOR envia primeiros subsídios para ajuda ao Haiti

UMCOR tem uma longa história de trabalho no Haiti para recuperação de desastres. No terremoto de 2010, ele estava presente quando dois de seus missionários morreram.
Missão
Uma vista de um edifício que passou após um terremoto em Les Cayes, Haiti, visto nesta imagem estática de um vídeo obtido pela Reuters em 14 de agosto de 2021. Metodistas Unidos estão trabalhando com parceiros de longa data no Haiti para responder à magnitude 7 , 2 terremotos e quando uma grande tempestade se aproxima. Foto cedida pela REUTERS TV.

Ao lado do Haiti em meio a terremoto e tempestade

Como em 2016, os ministérios Metodistas Unidos estão trabalhando com igrejas e agências parceiras no Haiti para responder ao terremoto de magnitude 7,2 em meio a uma forte tempestade tropical.
Missão
Parte dos produtos descarregados em Pemba, Moçambique, a serem distribuídos nos centros de reassentamento. Foto de Edilson Fernandes.

Ajuda da Migração Global chega à Moçambique através da UMCOR

A situação humanitária causada pela aglomeração dos deslocados internos que fogem dos terroristas no norte de Moçambique, comoveu a Migração Global para responder as necessidades dos sobreviventes em Cabo Delgado.
Loading