Juventude metodista ajuda necessitados em Angola

Other Manual Translations: English français
Guiados pelo lema “Sopa Solidária”, os jovens metodistas unidos do distrito de Malanje e Kiwaba Nzoji, da Conferência do Leste de Angola, organizaram uma ação humanitária para compartilhar a solidariedade com os necessitados e ajudar a sua comunidade.
  
Alcançando os bairros desfavorecidos nos arredores de Malanje, uma cidade de 222.000 habitantes, eles distribuíram recursos e entreteram crianças em situação de rua.  
Para comemorar o Dia Internacional da Criança, em 1º de junho, e o Dia Internacional da Criança Africana, em 16 de junho, os jovens planejaram uma tarde de diversão organizada para crianças da comunidade, com idades entre 7 e 18 anos.

Algumas das crianças viveram nas ruas por dois a cinco anos. Além de fornecer alimentos e roupas, os jovens Metodistas Unidos cantaram e ofereceram atividades envolventes. 
“O evento visa ajudar as necessidades que atrapalham a nossa sociedade”, disse Edgar Chicola, vice-director do distrito da Juventude Metodista Unida. “Nós, como igreja e parte integrante desta sociedade, sentimos que temos responsabilidade moral e humana em ajudar nossos irmãos e irmãs necessitados”.

Ele citou 2 Timóteo 4: 2(NRSV), como inspiração para o projeto: “Proclama a mensagem; insta a tempo e fora do tempo; convença, repreenda e encoraja, com toda longanimidade e ensino”.
 
“Nossa missão também carrega o sabor evangelizador, de acordo com as Sagradas Escrituras”, disse Chicola. Mais de 250 jovens Metodistas Unidos, maioritariamente adolescentes, de várias congregações participaram no evento.
 
"Nossas atividades de solidariedade não terminaram aqui", disse Francisco Lumingo Chita, diretor do distrito de Malanje. “Vamos visitar prisões, hospitais e lares adotivos, já que o fundador da nossa igreja (John Wesley) sempre deu sua vida por causas sociais”.

Lorena de Freitas, diretora de jovens da Igreja Metodista Unida de Quésher, disse estar "muito satisfeita". 

“Não pelo que trouxemos para oferecer às crianças e pessoas necessitadas nessas comunidades, mas por poder servir a Deus. Juntos, com outros jovens metodistas, (estamos) fazendo a diferença para essas crianças e outros necessitados”.

Adam Buila Cambo, diretor de jovens da Igreja Metodista Unida de Jericó, disse que seu grupo está “aqui para cumprir o imperativo de nosso mestre, Jesus. Trouxemos a palavra "libertação", bens materiais e diversão".

“A verdadeira missão é fazer discípulos através de palavras e obras”, disse o jovem adulto Arinelson Gonçalves Filipe. 
 
Três crianças que participaram nas festividades foram Manuel Sebastião, Nelson Patrício e Pedro António Quiluanje. 

“Eu moro na rua”, explicou Sebastião, “porque meu pai me expulsou de casa”. Seu pai o acusou de feitiçaria. Patrício, um órfão de 12 anos, disse que pede dinheiro porque seu avô, com quem mora, não pode pagar por ele.

“Eu não moro na rua”, observou Quiluanje, “mas fico nos supermercados, ajudando a empurrar e a carregar carrinhos com produtos das pessoas para ganhar alguns trocados. A maior parte dos trocados que ganho é para sustentar meus estudos porque moro com meu avô que não tem condições financeiras e materiais para pagar”.

João Nhanga é um comunicador da Conferência Anual do Leste de Angola.

Contato com a imprensa: Vicki Brown através do (615) 742-5470 ou newsdesk@umcom.org. Para ler mais notícias da Metodista Unida, inscreva-se nos resumos diários ou semanais gratuitos.
Igreja Local
Ethel Sandy, coordenadora das Mulheres Metodistas Unidas (United Methodist Women - UMW), fala com os alunos da Albert Academy - a única escola secundária de meninos Metodistas Unidos em Freetown, Serra Leoa - sobre os perigos de trapacear nos exames. Foto de Phileas Jusu, Notícias MU.

UMW inicia campanha anti-trapaça nas escolas da igreja

Os membros das Mulheres Metodistas Unidas na Conferência de Serra Leoa iniciaram uma campanha anti-trapaça nas escolas Metodistas Unidas.
Missão
Filipa Vierra, bolsista da Federação Portuguesa de Mulheres Metodistas, toca violão na Igreja Metodista de Aguada de Cima, Porto. Foto cedida por Mulheres Metodistas Unidas (UMW).

Parceria com as mulheres metodistas de Portugal

A Federação Portuguesa de Mulheres Metodistas, com apoio das Mulheres Metodistas Unidas, oferece muitos programas que enriquecem as comunidades.
Evangelismo
Comunidade Nova na zona rural a 50kms de Antananarivo. Foto de Joao Filimone Sambo.

Madagáscar: evangelização através da educação garante o crescimento da IMU

A grande ilha de Madagáscar, localizada na parte insular da costa sudeste da África, entre o Canal de Moçambique e a parte ocidental da Asia, é um terreno fértil para evangelização e implantação do Metodismo Unido através da Educação.