Editorial: Tomem a decisão sobre a Conferência Geral

Other Manual Translations: English 한국어 Español
UM News editorials are written by an editorial board comprising top executives of UM News and United Methodist Communications. UM News reporters are not on the editorial board. The editorials are opinion pieces and are separate from the reported news of the church. 

Nota do editor: Os editoriais da Notícias MU são escritos por um conselho editorial composto pelos principais executivos da Notícias MU e das Comunicações Metodistas Unidas. Os repórteres da Notícias MU não fazem parte do conselho editorial. Os editoriais são artigos de opinião e estão separados das notícias da igreja divulgadas.

Poucas entidades na Igreja Metodista Unida têm tanto peso sobre seus ombros quanto a Comissão da Conferência Geral.

Os membros da comissão e a equipe estão tentando guiar a igreja por águas desconhecidas. Para usar uma metáfora da mitologia grega, eles estão se movendo entre Scylla e Charybdis – um monstro e um redemoinho – enquanto descobrem como realizar uma assembleia global durante um período de pandemia e profunda divisão na igreja. Nunca antes na história da Igreja Metodista Unida ou de suas denominações predecessoras, uma Conferência Geral foi adiada no grau que a assembleia de 2020 foi – e por boas razões.

Agora, mais do que nunca, os planejadores da Associação Geral precisam da graça e da oração de apoio do resto da igreja. Essas são as marcas da nossa conexão.

Ser conexional também implica em confiança e transparência. Neste momento de ansiedade, a comissão não ajudou fechando quase todas as suas reuniões. A falta de transparência se estende à ausência de um relatório completo de progresso para a igreja sobre a situação da Conferência Geral. 

Os Metodistas Unidos ao redor do mundo estão perguntando: Teremos a Conferência Geral este ano? 

A próxima Conferência Geral provavelmente decidirá sobre propostas para dividir a denominação. No entanto, seis meses após o início de uma reunião existencialmente importante, permanecem grandes questões:

Que medidas foram tomadas para garantir que os delegados tenham seus vistos e possam comparecer? Se quase um terço dos delegados ainda não tem seus vistos, há tempo para trabalhar com todas as embaixadas envolvidas e resolver esses problemas? Quais são os requisitos em torno das vacinas? Quais processos estarão em vigor se os delegados forem infectados e um comitê legislativo tiver que entrar em quarentena? 

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

A falta de uma direção clara apresenta uma questão de mordomia para conferências anuais, agências gerais e outros na igreja que estão trabalhando como se a Conferência Geral fosse se reunir em agosto. O tempo, dinheiro e recursos podem ser focados em outras necessidades, se não for o caso.

Certamente, o trabalho da comissão envolve negociações delicadas com centros de convenções, hotéis e outros fornecedores, e quantias significativas de dinheiro estão em jogo nessas conversas. No entanto, o sigilo em torno da Conferência Geral alimentou especulações e consternação em toda a igreja.   

À medida que os planejadores da Conferência Geral se reúnem nos próximos dias, temos a oportunidade de dar-lhes apoio moral e espiritual. Eles são servos comprometidos da igreja – muitos deles voluntários – fazendo um trabalho difícil.

Ao mesmo tempo, a igreja precisa e merece abertura.

E precisa de uma decisão sobre se haverá uma Conferência Geral em 2022. Essa decisão deve ser tomada e anunciada sem mais delongas. 

Está na hora.

 

*A Notícias MU aceita perguntas, comentários e dicas de histórias. Envie-nos uma nota para [email protected]. Para ler mais notícias dos Metodistas Unidos, assine os resumos gratuitos.

**Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected].

Conselho Judicial
Os bispos metodistas unidos processam o culto de abertura da Conferência Geral especial de 2019 em St. Louis. O Conselho Judicial, o principal tribunal da Igreja Metodista Unida, divulgou um memorando que esclarece uma decisão anterior sobre as eleições de bispos. Foto de arquivo por Mike DuBose, Notícias MU.

Tribunal da Igreja modifica decisão sobre eleições de bispos

O tribunal superior da Igreja Metodista Unida estabeleceu o dia 1º de janeiro de 2023 como a data em que os bispos dos EUA que enfrentam a aposentadoria compulsória devem deixar o cargo, e seus sucessores recém-eleitos tomarem posse.
Conselho Judicial
A Bispa Mary Virginia Taylor da Conferência de Holston abraça o Rev. David Graves após sua eleição como bispo Metodista Unido na Conferência Jurisdicional do Sudeste de 2016. Taylor está entre os 11 bispos norte-americanos que se aposentaram no ano passado, e Graves está entre os bispos que agora assumem trabalho extra por causa das aposentadorias. O Conselho Judicial emitiu uma decisão em 20 de maio, abordando a questão de saber se a conferência jurisdicional pode se reunir para eleger novos bispos. Foto de arquivo de Annette Spence, Conferência de Holston.

Decisão abre portas para eleições de bispos em 2022

O tribunal superior da Igreja Metodista Unida decidiu que o Conselho dos Bispos tem autoridade para convocar conferências jurisdicionais para eleger e designar novos líderes episcopais nos EUA, mas não tem autoridade para alterar a data em que esses novos bispos assumem o cargo.
Conselho Judicial
Participantes da Conferência Anual de Kentucky de 2017 em Bowling Green, Kentucky, levantam os braços em oração durante uma "Plenaria com Culto de Adoracao". Em 10 de Maio, o Conselho Judicial divulgou uma decisão que diz que as conferências anuais dos EUA não podem se desfiliar da denominação sob a lei actual da igreja. Foto de arquivo de Kathleen Barry, Noticias da UM.

Tribunal da Igreja: Conferências não podem sair unilateralmente

O tribunal superior da Igreja Metodista Unida decidiu que a lei actual da igreja não permite que as conferências anuais nos EUA se retirem da denominação.