Bispos cancelam a Conferência Geral de 8 de maio

Other Manual Translations: English 한국어 Español

O Conselho Metodista Unido de Bispos cancelou a sua convocação para uma Conferência Geral virtual especial no dia 8 de maio.

Os bispos tomaram a decisão sobre o cancelamento durante uma reunião online em 22 de março, que foi fechada ao público.

Os bispos também anunciaram que planejam usar sua reunião regular de abril para discutir os resultados das sessões de escuta e discernir um possível novo cronograma.

“Muito se aprendeu nas últimas semanas e o cronograma estendido permitirá uma escuta ainda mais profunda pelos bispos em nível de igreja em geral, mas também em nossos ambientes residenciais”, Dom Cynthia Fierro Harvey, presidente do Conselho de Bispos e líder da Conferência de Louisiana, disse em um comunicado à imprensa após a reunião.

No mês passado, os bispos convocaram a sessão especial de um dia, na mesma data em que a Comissão da Conferência Geral anunciou que a ameaça do COVID-19 forçou o adiamento da assembleia legislativa da denominação global pela segunda vez. A Conferência Geral completa, originalmente marcada para maio de 2020, agora está marcada para 29 de agosto a 6 de setembro de 2022. O local da reunião ainda é Minneapolis. 

A comissão nomeou uma equipe de estudo de tecnologia para considerar maneiras de realizar a conferência global virtualmente, garantindo a participação total de quase 900 delegados votantes de quatro continentes.

Por fim, a equipe concluiu e a comissão concordou que nenhuma solução virtual poderia superar as barreiras, que incluem 16 horas de diferença de horário em toda a denominação, iniquidades no acesso à Internet e a necessidade de segurança de voto.

Os bispos haviam planejado que a Conferência Geral de 8 de maio fosse longa o suficiente para que um quórum de delegados suspendesse as regras para que os delegados pudessem votar pelo correio em 12 itens legislativos. Os itens tratavam principalmente do funcionamento administrativo em meio ao atraso na Conferência Geral, e os bispos planejavam anunciar os resultados das votações em 13 de julho. Nenhuma proposta estava na agenda para dividir a denominação segundo linhas teológicas. Essas propostas, incluindo o muito endossado Protocolo para Reconciliação e Graça por meio da Separação, serão apresentar à Conferência Geral em 2022. 

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

A decisão de cancelar a reunião de um dia significa que os planos de aposentar os bispos dos EUA e eleger novos bispos nas conferências centrais - regiões eclesiais na África, Europa e Filipinas - também estão suspensos por enquanto. Harvey disse que o Livro da Disciplina, o livro de leis da denominação, não permite a aposentadoria ou eleições do bispo antes da Conferência Geral.

"Deve ser continuado", disse ela ao Notícias Metodista Unida. 

Os planos para uma reunião virtual de um dia enfrentaram alguns dos mesmos desafios logísticos que a comissão da Conferência Geral identificou ao considerar uma reunião virtual de 10 dias. 

Dos 862 delegados eleitos para a próxima Conferência Geral, 55,9% vêm dos Estados Unidos, 32% da África, 6% das Filipinas, 4,6% da Europa e o restante de igrejas concordatas que têm laços estreitos com a Igreja Metodista Unida.

O plano dos bispos para uma Conferência Geral especial já estava enfrentando resistência em toda a denominação, incluindo os delegados preocupados que seriam excluídos do processo de deliberação.

O grupo de defesa da Iniciativa África enviou perguntas ao Conselho dos Bispos citando a conclusão da comissão da Conferência Geral de que a Internet e mesmo a eletricidade não estão prontamente disponíveis em algumas áreas onde os Metodistas Unidos estão localizados.

“Isso é absolutamente verdadeiro para nós aqui na África. Como podemos ter esta sessão especial convocada sem delegados da África, sendo privados de direitos?” perguntou o Rev. Jerry P. Kulah, coordenador geral da Iniciativa África, em uma carta aos bispos. Kulah também é um delegado da Conferência Geral da Libéria.

Enquanto isso, um grupo de delegados dos EUA também levantou preocupações sobre a sessão especial da Conferência Geral semelhante ao que a Iniciativa da África levantou, incluindo que a sessão virtual impediria a conferência cristã. Seis delegações dos EUA - das conferências da Grande Nova Jersey, Iowa, Michigan, Nova Inglaterra, Northern Illinois e Oregon-Idaho - endossaram o documento “Conferência Cristã: Discernindo o Caminho do Metodismo Unido através de uma pandemia”.

Enquanto os bispos se reuniam em 22 de março, o tribunal superior da denominação também divulgou uma decisão que poderia ajudar os líderes da Igreja em um assunto antes da Conferência Geral especial.

A primeira das 12 peças legislativas dos bispos propôs uma emenda à lei da igreja para cumprir uma decisão do Conselho Judicial. Em 22 de março, o tribunal da igreja emitiu um memorando esclarecendo como as conferências anuais - regiões da igreja - podem cumprir a decisão relacionada ao devido processo do clero antes mesmo que a Conferência Geral possa se reunir.

Por enquanto, o planejamento de quando os delegados podem se reunir para deliberar sobre o futuro da denominação continua um trabalho em andamento.

“Estamos gratos pela colaboração promovida com a Comissão da Conferência Geral e especialmente gratos pelo trabalho que já havia começado no planejamento da sessão especial”, disse Harvey em comunicado à imprensa.

 

*Hahn é editora assistente de notícias da Notícias MU. Contate-a em (615) 742-5470 ou [email protected]. Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos quinzenais gratuitos.

**Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected]

Conselho de Bispos
Durante a sua reunião online de 2 a 5 de Novembro, o Conselho dos Bispos aprovou “Uma Narrativa para a Continuação da Igreja Metodista Unida” delineando uma visão para a igreja onde todos terão um lar. Gráfico de Laurens Glass, Noticias da MU.

Bispos oferecem estrutura para igreja inclusive

À medida que a denominação se aproxima de alguma forma da separação, os bispos publicam uma narrativa para descrever suas esperanças para a continuação da Igreja Metodista Unida.
Conselho de Bispos
Dados os atrasos que a pandemia trouxe e na realização da Conferência Geral, mais de 250 Metodistas Unidos assinaram uma carta, para solicitar ao Conselho de Bispos para permitir a partida das igrejas que assim o decidirem, preservadas Suas propriedades. Foto cortesia da Conferência Anual de Nova Jersey.

Grupo busca a graça dos bispos nas saídas da igreja

À medida que o Conselho dos Bispos começa a sua reunião online de outono, um grupo de Metodistas Unidos está a exortar os líderes a permitirem que as igrejas que o desejem façam com propriedade.
Igreja Local
A Igreja Metodista Unida Mt. Bethel entrou com um pedido reconvencional em resposta a uma ação judicial por parte dos curadores da Conferência do Norte da Geórgia. A disputa legal trata da propriedade. Foto de Wendy Parker, East Cobb News.

Igreja Mt. Bethel contraria os líderes da conferência

Os advogados da IMU Mt. Bethel argumentam que a Conferência Anual da Geórgia do Norte está bloqueando os esforços da congregação para cancelar a inscrição.