Violência

Preocupações Sociais
Pessoas deslocadas, incluindo Metodistas Unidos, das aldeias de Mutwangwa e Eringeti chegam a Beni, Congo, após fugirem de um ataque de grupos insurgentes. Vinte e cinco civis, incluindo sete Metodistas Unidos, foram mortos no massacre de 31 de dezembro. Foto de Philippe Kituka Lolonga, Notícias MU.

Metodistas Unidos mortos no massacre do Congo

Sete Metodistas Unidos faziam parte de um grupo de pelo menos 25 mortos em resultado do último episódio de violência política armada, a leste da República Dominicana. do Congo, segundo o superintendente distrital de Beni.
Preocupações Sociais
Apoiadores do presidente Donald Trump invadem o Capitólio dos EUA em Washington depois de entrar em confronto com a polícia para protestar contra a certificação dos resultados das eleições presidenciais dos EUA em 2020 pelo Congresso em 6 de janeiro. Foto por Shannon Stapleton, REUTERS.

Ataque ao Capitólio dos EUA consterna os Metodistas Unidos

Membros da IMU em diferentes partes do país foram perturbados pelas ações de uma multidão que invadiu o Capitólio.
Missão
Parados defronte da capela recém-aberta, estão membros da conferência anual e de Langueka. Foto de João Nhanga.

Angola Leste igreja reergue-se dos escombros

Passaram quase 50 anos depois do encerramentoda capela de Langueka, situada no município de Kiwaba Nzoji província de Malanje, por motivo de guerra civil. Elafoi reaberta para a comunidade local nodia 26 de Setembro no corrente ano.
Preocupações Sociais
Ahmaud Arbery, um homem de 25 anos de Brunswick, Geórgia, foi baleado e morto em 23 de fevereiro, mas foi somente após o lançamento de um vídeo do incidente em 5 de maio, que Gregory McMichael e seu filho, Travis McMichael, foram acusados do assassinato. Foto de família, cortesia do Twitter.

Tiroteio na Geórgia convoca a pôr um fim no racismo

Os líderes da IMU estão pedindo a erradicação do racismo após o assassinato de Ahmaud Arbery, um homem negro desarmado que foi baleado na Geórgia.
Loading