Justiça racial

Racismo
Os palestrantes do dia 26 de agosto “Assembleia: Líderes emergentes discutem desmantelamento do racismo” são (a partir da esquerda) Ann Jacob, o reverendo Theon Johnson III, Andres De Arco e Katelin Hansen. O painel de líderes mais jovens compartilhou suas estratégias para desmantelar o racismo como parte da série da Câmara Municipal da Igreja sobre antirracismo. Fotos cortesia dos palestrantes.

A igreja tem as ferramentas para desmantelar o racismo hoje

Quatro jovens Metodistas Unidos discutem a história do racismo na igreja e as formas como a denominação pode "mover a agulha".

Escravidão e os fundadores do Metodismo

O fundador do Metodismo foi um abolicionista ferrenho e a igreja primitiva era anti-escravista, mas essa dedicação mais tarde desbotou.
Preocupações Sociais
O Rev. Jeremy Wicks (frente) participa de uma demonstração do Black Lives Matter no norte do Michigan. Wicks serviu como capelão da polícia, policial da reserva e organizador da Black Lives Matter. Foto cortesia do Rev. Jeremy Wicks.

Pastores com distintivo promovem reformas policiais

Os capelães e pastores metodistas unidos que atuam na polícia discutem mudanças que podem ajudar a polícia e as pessoas a quem servem.
Preocupações Sociais
O Rev. Gilbert Caldwell, pastor aposentado Metodista Unido e ativista dos direitos civis que marchou ao lado do Rev. Martin Luther King Jr., fala durante uma reunião do Black Lives Matter em 7 de junho em Willingboro, NJ. À direita de Caldwell está sua esposa, Grace Caldwell. À esquerda de Caldwell está a Revda. Vanessa Wilson, presidente da Comissão de Raça e Religião da Conferência Greater New Jersey e pastora da Igreja Metodista Unida Good Shepherd em Willingboro. O protesto foi um dos muitos ocorridos nos EUA em cidades menores envolvendo metodistas unidos. Foto de Aaron Wilson Watson.

Comunidades menores são afetadas por protestos

Os Metodistas Unidos se envolveram em comícios da Black Lives Matter em pequenas cidades e cidades de médio porte.
Loading