Conexão Metodista Unida entra em ação depois do Ida

Other Manual Translations: English Español

Pontos chave:

• Continuam a chegar relatórios sobre danos às igrejas Metodistas Unidas causados pelo furacão Ida, tanto na Louisiana como no Nordeste.

• Igrejas e conferências poupadas pelo Ida estão ajudando aqueles que a tempestade devastou.

• A Conferência Alabama-West Florida anunciou uma doação de $ 100.000 para a Conferência da Louisiana para ajuda e recuperação relacionadas a Ida.


Os dias após o furacão Ida trouxeram mais relatos de danos aos edifícios Metodistas Unidos na Louisiana e no Nordeste, mas também relatos animadores da força conexional da denominação.

As igrejas e associações poupadas por Ida agiram rapidamente para ajudar as igrejas e associações que a tempestade devastou.

A Conferência Alabama-West Florida anunciou uma doação de US $ 100.000 para a Conferência da Louisiana para alívio e recuperação de Ida.

Texas Conference Bishop Scott Jones carries boxes of Cheerios, among two truckloads of supplies the conference brought to Broadmoor United Methodist Church in Baton Rouge, La., on Sept. 6, as part of Hurricane Ida relief. Photo courtesy of the Texas Conference. 
O Bispo da Conferência do Texas, Scott Jones, carrega caixas de Cheerios, entre dois caminhões de suprimentos que a conferência trouxe para Igreja Metodista Unida Broadmoor em Baton Rouge, Louisiana, em 6 de setembro, como parte do alívio ao furacão Ida. Foto cortesia da Conferência do Texas.

“Queremos acolhê-los porque é um trabalho exaustivo”, disse o bispo David Graves, da Conferência do Alabama-Oeste da Flórida, aos funcionários da Conferência da Louisiana em uma emocionante ligação via Zoom em 7 de setembro. “Mas a beleza da Igreja Metodista Unida está na nossa ligação, e no juntarmo-nos para apoiar uns aos outros.”

Um dia antes, a Conferência do Texas trouxe dois caminhões cheios de alimentos não perecíveis e outros suprimentos direcionados para uma área de preparação na Igreja Metodista Unida Broadmoor em Baton Rouge, Louisiana.

O Bispo da Conferência do Texas, Scott Jones e sua esposa, Mary Lou Reece, dirigiram eles próprios um dos caminhões e ajudaram a descarregar.

“Temos ficado impressionados com a quantidade de apoio que recebemos, certamente da Conferência do Texas e da Conferência de Alabama-West Florida, mas também de tantos em torno da conexão Metodista Unida”, disse a Bispa da Conferência de Louisiana, Cynthia Fierro Harvey.

Na Conferência Greater New Jersey, a Igreja Metodista Unida de Bound Brook sofreu extensos danos por enchentes do Ida.

Mas no Dia do Trabalho, o pastor da igreja, o Rev. Mcwilliam Colon, teve a ajuda do Rev. Sang Won Doh, um superintendente distrital, e do Rev. Chuck Coblentz, pastor da Igreja Metodista Unida de New Dover, e outros na eliminação do brechó da igreja.

“Havia água em Tupperware a um metro e meio do chão”, disse Coblentz.

O Bispo John Schol lidera as conferências de Nova Jersey e do Leste da Pensilvânia. Ele disse que um punhado de igrejas Metodistas Unidas e casas pastorais sofreram danos significativos com as cheias.

Mas ele observou que os danos à propriedade relacionados a Ida na Louisiana são muito maiores, levando a outra resposta conexional.

Maneiras de ajudar

Doe para a Resposta e Recuperação de Desastres da UMCOR nos Estados Unidos por meio do Advance # 901670.

As doações também podem ser feitas por meio do ministério de resposta a desastres da Conferência Anual da Louisiana. 

“Nossos esforços de arrecadação de fundos também apoiarão a Louisiana e o trabalho que estará acontecendo lá”, disse Schol.

A UMCOR, United Methodist Committee on Relief (Comissão Metodista Unida de Alívio), é o veículo mais conhecido da denominação para ajudar após desastres naturais.

A UMCOR está fornecendo subsídios de solidariedade e assistência técnica para conferências afetadas pelo Ida, bem como trabalhando em estreita colaboração com os coordenadores de resposta a desastres da conferência e equipes de resposta antecipada que já trabalham na Louisiana, disse Lara Martin, a diretora da agência de resposta a desastres dos EUA.

“Ida e o nível de devastação e a escala da resposta excedeu nossas expectativas”, disse Martin.

A Louisiana foi atingida pelo furacão de categoria 4 de 29 a 30 de agosto, causando pelo menos 15 mortes e perda de energia e comunicações em Nova Orleans e na maior parte do sudeste do estado.

Ida moveu-se lentamente para o norte e para o leste, causando pelo menos 50 mortes em seis outros estados, com mais da metade delas em Nova Jersey. A tempestade trouxe tornados e chuvas torrenciais, prendendo pessoas em carros e casas enquanto as águas subiam.

Esse foi o caso em Bound Brook, Nova Jersey, uma comunidade com muita experiência em lidar com enchentes.

Louisiana Conference Bishop Cynthia Fierro Harvey (at left) and Texas Conference Bishop Scott Jones (center) help unload supplies at Broadmoor United Methodist Church in Baton Rouge, La. The Texas Conference brought two trucks full of nonperishable foods and other targeted supplies to a staging area at the church. Photo courtesy of the Texas Conference. 

A Bispa da Conferência da Louisiana Cynthia Fierro Harvey (à esquerda) e o Bispo da Conferência do Texas Scott Jones (ao centro) ajudam a descarregar suprimentos na Igreja Metodista Unida em Baton Rouge, Louisiana na área da igreja. Foto cortesia da Conferência do Texas.

Colon, o pastor da Metodista Unida Bound Brook, se viu no dia 1º de setembro tentando voltar para sua casa paroquial em rodovias que pareciam rios. 

“Louvo a Deus porque meu Nissan Versa me trouxe para casa”, disse ele.

Mas a própria Igreja Metodista Unida de Bound Brook havia sito derrotada. O brechó foi destruído por uma inundação. Uma caldeira também. Uma lixeira flutuou para o riacho próximo.

O salão de comunhão da igreja tinha acabado de ser reformado para uma nova creche, mas uma inundação desfez tudo isso.

“Nosso objetivo era abrir a creche em 1º de janeiro”, disse Colon. "Não vejo isso acontecendo."

A Igreja Metodista Unida Mamaroneck no Condado de Westchester, Nova York, passou por Ida com pequenas inundações, mas havia grandes problemas por perto.

“Dois bairros são muito baixos e muitos imigrantes e pessoas de cor foram particularmente afetadas porque vivem nesses bairros”, disse a pastora Rev. Karen Ann Burger. “Alguns deles perderam tudo.”

Burger disse que a Metodista Unida Mamaroneck, da Conferência de Nova York, se juntou a uma congregação pentecostal que se reúne na igreja para coletar itens de socorro.

“Estaremos procurando outras maneiras de ser voluntário”, disse ela.

Outras igrejas estão encontrando maneiras de ajudar suas comunidades depois do Ida. A Metodista Unida Centenary, em Lambertville, New Jersey, tornou-se um lar temporário para a Delaware Valley Food Pantry (Despensa de alimentos), danificada pelas cheias.

Enquanto isso, a Conferência de Louisiana continuou a ter relatórios de danos a edifícios de igrejas.

The Rev. Jason Harris gives a video tour of flood damage to First United Methodist Church in LaPlace, La. The church is one of the areas hard hit by Hurricane Ida. Screenshot by UM News, courtesy of First United Methodist Church via Facebook 
O Rev. Jason Harris oferece um tour em vídeo dos danos causados pelas enchentes na Primeira Igreja Metodista Unida em LaPlace, Louisiana. A igreja é uma das áreas duramente atingidas pelo Furacão Ida. Captura de tela da Notícias MU, cortesia da Primeira Igreja Metodista Unida via Facebook. Para assistir ao vídeo do Rev. Harris, clique aqui.

Logo após o ataque do Ida, o Rev. Jason Harris não conseguiu nem mesmo chegar à sua igreja, a Primeira Igreja Metodista Unida de LaPlace. As estradas estavam intransitáveis.

Mas, em 3 de setembro, Harris postou no Facebook um vídeo no qual caminhava pela propriedade da igreja e documentava os danos causados pela enchente.

Harris observou que “vai demorar um pouco” antes que a igreja possa se reunir em seu prédio.

“Vamos trabalhar muito. Vamos reconstruir e louvar a Deus ao longo do caminho”, disse ele.

A Conferência da Louisiana está lidando com o efeito cumulativo de desastres naturais recentes. A cidade de Lake Charles, por exemplo, está tentando voltar do furacão Laura, de agosto de 2020, bem como de um congelamento de inverno ruinoso e inundações de primavera.

“Não existe um código postal na parte sul do estado que não tenha sido afetado por alguma tempestade no ano passado”, disse Harvey.

Embora a maior parte de Nova Orleans tenha tido a energia restaurada depois do Ida, esse não é o caso em outras partes do sudeste da Louisiana, e uma longa recuperação é esperada devido a extensas enchentes e danos causados pelo vento.

As conferências Metodistas Unidas ao longo da Costa do Golfo tiveram todos desastres naturais para lidar nos últimos anos, e Graves disse que a experiência da Conferência Alabama-Oeste da Flórida com o furacão Michael em 2018 foi a chave para a decisão de fazer uma grande doação para a Conferência da Louisiana.

“A Louisiana foi uma das conferências anuais que nos ajudou significativamente, assim como a Conferência da Flórida”, disse Graves, acrescentando que esta última contribuiu com mais de US $ 1 milhão no total.

Bishop David Graves of the Alabama-West Florida and South Georgia conferences. Photo by Luke Lucas, the Alabama-West Florida Conference. 
Bispo David Graves das conferências Alabama-West Florida e South Georgia. Foto de Luke Lucas, Conferência Alabama-West Florida.

Graves agora lidera a Conferência da Geórgia do Sul, bem como a Conferência do Alabama-Oeste da Flórida, e ambos enviaram equipes de resposta antecipada para a Louisiana, disse ele. O Rev. Chris Ackerman, diretor de resposta a desastres da Conferência Alabama-West Florida, também está ajudando na Louisiana.

“Sentimos que queríamos apoiar, e não apenas dar um presente”, disse Graves. “Nós sabemos em primeira mão o que as pessoas estão passando.”

Outros relatos de trabalho de socorro e recuperação estão surgindo, e um veio do Rev. Godfrey Hubert.

Hubert é o coordenador de preparação para desastres da Conferência do Texas, bem como o fundador de uma organização parceira, a Hope Disaster Recovery (Recuperação de Desastres Esperança). Ele se juntou ao Bispo Jones na entrega de suprimentos para Baton Rouge. Ele também fez outras viagens pós-Ida à Louisiana, levando cerca de 50.000 fraldas, entre outros itens essenciais.

Hubert apoia fortemente o trabalho de ajuda ecumênica e inter-religiosa, e em 7 de setembro dirigiu um caminhão com suprimentos carregado por uma igreja católica em Houston.

Mas, a caminho do sudeste da Louisiana, ele soube que a igreja para a qual estava indo não estava preparada para fazer a distribuição. Ele entrou em contato com fontes da Igreja Metodista Unida Chapelwood de Houston, que o redirecionou para duas famílias Metodistas Unidas em Bourg, Louisiana, perto de Houma. As famílias realizam um esforço de socorro de base para os vizinhos mais necessitados.

“Eu parei e eles estavam sem suprimentos”, disse Hubert. “Antes de eu sair, o trailer deles estava carregado e eles estavam saindo para entregar tudo. Foi muito bom ver, em todo o redor.”

Members of United Methodist Church of Bound Brook, in Bound Brook, N.J., haul out church items that ended up in a nearby creek during Hurricane Ida. Photo courtesy of the Rev. Mcwilliam Colon. 

Membros da Igreja Metodista Unida de Bound Brook, em Bound Brook, NJ, transportam itens da igreja que acabaram em um riacho próximo durante o furacão Ida. Foto cortesia do Rev. Mcwilliam Colon.

*Hodges é redator do Notícias Metodista Unida em Dallas. Shannon Martin da Conferência do Texas, Heather Mistretta da Conferência da Grande Nova Jersey e Lisa Isom da Conferência de Nova York contribuíram. Entre em contato com Hodges pelo telefone 615-742-5470 ou [email protected]. Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos quinzenais gratuitos.

**Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para [email protected]

Missão
Moradores caminham em uma estrada danificada em Rampe, Haiti, na quarta-feira, 18 de agosto de 2021, quatro dias depois que um terremoto de magnitude 7,2 atingiu a parte sudoeste do país. Foto cedida por Associated Press / Matias Delacroix.

UMCOR envia primeiros subsídios para ajuda ao Haiti

UMCOR tem uma longa história de trabalho no Haiti para recuperação de desastres. No terremoto de 2010, ele estava presente quando dois de seus missionários morreram.
Missão
Uma vista de um edifício que passou após um terremoto em Les Cayes, Haiti, visto nesta imagem estática de um vídeo obtido pela Reuters em 14 de agosto de 2021. Metodistas Unidos estão trabalhando com parceiros de longa data no Haiti para responder à magnitude 7 , 2 terremotos e quando uma grande tempestade se aproxima. Foto cedida pela REUTERS TV.

Ao lado do Haiti em meio a terremoto e tempestade

Como em 2016, os ministérios Metodistas Unidos estão trabalhando com igrejas e agências parceiras no Haiti para responder ao terremoto de magnitude 7,2 em meio a uma forte tempestade tropical.
Igreja Local
As novas recomendações de máscaras dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos e o aumento da variante delta do coronavírus afetam as decisões das igrejas sobre o culto presencial e os protocolos de segurança. Imagem de Pews por Andrew Seaman, cortesia da Unsplash; imagem da máscara cortesia da Pixabay; gráfico por Laurens Glass, Notícias MU.

Igrejas pedem uso de máscara e fecham portas devido aos picos de vírus

À medida que a variante delta mais contagiosa aumenta nos Estados Unidos, as igrejas Metodistas Unidas estão tomando precauções adicionais. As congregações também estão tomando medidas para alcançar aqueles que resistem à vacinação.