Mulheres Metodistas Unidas e o Governo Provincial de Maputo juntam esforços no empoderamento da mulher

Um dos males identificados pelas Mulheres Metodistas Unidas do distrito de Maputo Sul, nos arredores da cidade de Maputo, é o índice crescente da pobreza na mulher, sua vulnerabilidade e consequente degradação dos valores morais.

Estas mulheres, discutiam estes assuntos, reunidas numa Sessão da Conferência Distrital, realizada no Cargo Pastoral da Liberade entre os dias 20 a 22 de Setembro do ano corrente. Mais de oito centenas de mulheres se juntaram e definiram algumas estratégias dentre as quais, o empoderamento da Mulher e consequente combate a pobreza.

´´O tema que norteia a nossa conferência fala de fazer o bem a todos´´ disse Sara Obede, presidente distrital daquela organização feminina da Igreja Metodista Unida.

´´Sabemos que Deus nos colocou no mundo por algum tempo, e durante esse tempo, somos exortadas a fazer o bem a todos´´ continuou.

A conferência, decorre numa época em que a zona sul do País, é flagelada por uma seca, realidade essa que periga a vida humana e mesmo de outros seres vivos, agudizando-se de certo modo a pobreza entre as famílias Moçambicanas.

´´Identificamos durante a nossa conferência, algumas soluções viradas a mulher, que iremos implementar na organização a curto e médio prazos´´ Disse Obede.

Rev Dra Victoria Chifeche, Superintendente de Maputo Sul recebendo o Governador da Província de Maputo Raimundo Diomba. Foto de Keith Leonel Sambo 
Rev Dra Victoria Chifeche, Superintendente de Maputo Sul recebendo o Governador da Província de Maputo Raimundo Diomba. Foto de Keith Leonel Sambo

´´Dentre essas, incluem-se a formação em pequenos projectos de sustentabilidade, treinamento nas áreas de costura, culinária e alfabetização de adultos com vista ao empoderamento da mulher.´´ Concluiu Obede.

O evento teve uma concorrência jamais vista. Cerca de 800 fiéis participaram no encerramento da conferência. A capela da Liberdade com uma capacidade de ate 600 fiéis, uma boa parte passou o culto em pé e outros ainda estando fora do edifício.

´´Fazendo uma retrospectiva analítica sobre a conferência, posso afirmar que a mesma teve êxitos´´ disse Felizarda Come, vice-presidente das Mulheres Metodistas Unidas do Maputo Sul.

´´Uma das coisas que queríamos alcançar, era avaliar o grau de execução e crescimento das actividades das Mulheres a nível distrital. Nessa avaliação, podemos perceber que existem grandes focos de pobreza na mulher e na sociedade em que vivemos e tínhamos que tomar medidas para combate-los´´ explicou a Obede.

´´Comparando o estágio actual das Mulheres Metodistas Unidas neste distrito com o de alguns anos atrás, notamos grandes avanços no que diz respeito a educação. ´´ Explicou Come.

´´Senão vejamos: embora o nosso distrito seja muito novo (de uma ano apenas), já conseguimos ver muitas mulheres a irem para escola, a frequentarem diversos cursos de capacitação, e mesmo no que tange a evangelização, estão fazendo e já é possível ver jovens adultos a transitarem para esta nossa organização, algo que outrora era infrequente´´- continuou Obede.

A Presidente e vice das Mulheres Metodisras de Maputo Sul Sara Obede à direita e Felizarda Come à esquerda falando depois da Conferência Distrital. Foto de Joao Sambo 

A Presidente e vice das Mulheres Metodisras de Maputo Sul Sara Obede à direita e Felizarda Come à esquerda falando depois da Conferência Distrital. Foto de Joao Sambo

Falando da primeira Conferência Anual de Moçambique Sul, que coincidentemente vai ter a sua primeira sessão naquele distrito, Felizarda Come, explicou ´´com o nível de organização que testemunhamos desta conferência, como Mulheres sentimo-nos preparadas para receber, hospedar e prestar todo o tipo de apoio aos delegados e conferencistas da melhor forma hospitaleira possivel´´.

A Área Episcopal de Moçambique esta sempre a crescer. A antiga Conferência de Moçambique Sul do Save, foi dividida em duas na Sessão que teve lugar em Cambine, Morrumbene entre os dias 06 a 09 de Dezembro de 2018. Assim, as duas aparecem com novos nomes: Moçambique Sudeste (compreende todos os distritos eclesiásticos da Província de Inhambane) e Moçambique Sul (que compreende os distritos eclesiásticos nas províncias de Gaza e de Maputo.

´´Na nossa província, conseguimos qua a mulher enfrenta muitas dificuldades´´ disse Raimundo Diomba, governador da Província de Maputo, que falava durante o encerramento da Conferencia das Mulheres.

´´Porém, como governo, é nosso plano de governação, ver as mulheres da nossa província empoderadas, para que possam ajudar as suas famílias e ajudar a outras pessoas conforme recomenda o tema desta conferência´´

Uma delegacao do governo provincial esteve presente naquele dia. A superintendente da Área, Rev. Dra. Victória Chifeche, agradeceu a presença daqueles governantes e sublinhou que ´´a Igreja deve continuar a trabalhar de mãos dadas com o governo, na busca de soluções não só para as mulheres, mas para toda a sociedade Moçambicanas´´

A organização das Mulheres Metodistas Unidas deste Distrito, tem trabalhado em todos os Cargos Pastorais, mesmo naqueles fora da cidade. Tem por exemplo trabalhado com o governo local em identificar as crianças que as Mulheres irão patrocinar.

´´A partir do próximo ano, vamos começar a apoiar algumas crianças que vivem com famílias necessitadas. Sábie, Moamba, Ressano e Namaacha são comunidades em que as Mulheres Metodistas vão apoiar as crianças necessitadas e vulneráveis, garantindo que elas vão a escola e tenham apoio em material escolar.´´ concluiu Obede.

*Sambo é o correspondente lusófono em África das Notícias Metodista Unida.

Contacto com a imprensa: Vicki Brown, editora de notícias, [email protected] ou 615-742-5469. Para ler mais notícias da Metodista Unida, inscreva-se nos resumos diários ou semanais gratuitos.

Missão
Na ilha de La Gonave, no Haiti, a missão da igreja cresce com o pastor Jean-Jacques Agones, com o apoio das congregações Metodistas Unidas da Conferência Anual da Flórida. Foto cortesia da Conferência Anual da Flórida.

Uma missão de misericórdia e uma vida de serviço

O Haiti é a nação mais pobre do Hemisfério Ocidental, e a insegurança alimentar é constante devido ao desmatamento maciço, que torna o solo da ilha seco e árido.
Preocupações Sociais
A diaconisa metodista unida Bulelwa Ndedwa lidera uma marcha contra a violência de género em Durban, na África do Sul, em 14 de setembro. A marcha começou com a oração numa Igreja Metodista Unida e terminou no centro de Bizana, no distrito de Makukhanye, Cabo Oriental. Foto de Nandipha Mkwalo, Notícias da MU.

Igreja destaca faróis sobre a violência contra as mulheres

Metodistas Unidos da África do Sul marcham por mudanças, exortam a igreja a tomar medidas para proteger os membros do sexo feminino e todas as mulheres.
Missão
Angelina Hele acaba de receber a cadeira de rodas num apoio da parceria Mocambique -Missouri em Agosto

Lágrimas de gratidão: Missouri oferece mobilidade à uma senhora, em Maputo

Um dos problemas de saúde pública que tem afetado muita gente em Moçambique, é sem sombra de dúvidas, a questão da hipertensão arterial nos adultos.