Ministérios ajudam crianças afetadas pelo vício

Other Manual Translations: English español

Certa manhã, uma aluna da terceira série da Wheeling Island desceu para o café da manhã e encontrou seu pai no chão, sem resposta. Ela não sabia o que fazer, então correu para a casa de um vizinho e pediu que ligassem para o 911.

Ele teve uma overdose e foi levado para o hospital. Como ele era o único pai em casa, um conselheiro de orientação escolar tentava determinar onde mais a garota poderia ficar naquela noite.

"Não é grande coisa", disse a menina de 10 anos. "Eu já estive sozinha em casa antes e sei como cuidar de mim mesma". Ela está agora em um orfanato.

Skyler (front) helps sort donated household goods that will be sold in the thrift store at House of the Carpenter in Wheeling, W.Va. He was among a group of middle school students taking part in House of the Carpenter’s Pre-Work Camp. Photo by Mike DuBose, UM News.
Skyler (frente) ajuda a organizar bens domésticos doados que serão vendidos no brechó da Casa do Carpinteiro em Wheeling, Virgínia. Ele estava entre um grupo de estudantes do ensino médio participando do Pre-Work Camp da Casa do Carpinteiro. 

Do outro lado da rua, fica a Casa do Carpinteiro, um projeto missionário da Conferência da Virgínia Ocidental. Nesta pequena comunidade onde 95% das crianças vivem na pobreza, e as drogas e o crime são desenfreados, a Casa do Carpinteiro pretende brilhar um raio de esperança.

"Essas crianças, se deixadas neste ambiente, estão destinadas a repetir o que vêem", disse o reverendo Mike Linger, diretor executivo.

The Rev. Mike Linger describes plans to expand House of the Carpenter into a vacant lot next door to the present facility in Wheeling, W.Va. Photo by Mike DuBose, UM News.
O Rev. Mike Linger descreve os planos para expandir a Casa do Carpinteiro em um terreno baldio ao lado da atual instalação em Wheeling, W.Va. 

"Parte da dor da epidemia dod opiáceos vem com as crianças, cujos pais são tão viciados que não podem cuidar deles", disse o reverendo Barry Steiner Ball, que lidera a iniciativa "What If?" da Conferência da Virgínia Ocidental , que incentiva as igrejas a ajudar a enfrentar a crise dos opiáceos. “Essas crianças muitas vezes caem através da rede; elas estão por conta própria.

Assim que chegou, Linger disse ao conselho de administração eleito para expandir seus "ministérios de misericórdia" em curso, como utilidade e assistência alimentar, em "ministérios de transformação" mais amplos, com uma concentração em educar crianças e prover orientação.

"Muitos adultos tomaram decisões das quais será difícil voltar atrás", disse Linger, "mas se você chegasse às crianças e desse a elas algumas opções e orientações, elas poderiam reescrever seus futuros".

The Rev. Barry Steiner Ball (center) visits with students in the Pre-Work program at House of the Carpenter. Steiner Ball, a retired agent of the Drug Enforcement Administration, heads an initiative of the West Virginia Conference of The United Methodist Church to help churches deal with the opioid crisis. Photo by Mike DuBose, UM News.
O Rev. Barry Steiner Ball (centro) visita estudantes no programa Pre-Work Camp da Casa do Carpinteiro. Steiner Ball, um agente aposentado da Drug Enforcement Administration, lidera uma iniciativa da Conferência da Igreja Metodista Unida da Virgínia Ocidental para ajudar as igrejas a lidar com a crise dos opiáceos. 

Michelle Bennington-Lucarelli, diretora associada da Casa do Carpinteiro, disse que prever um futuro é difícil em um lugar como a Ilha Wheeling. Fisicamente separada da cidade de Wheeling e situada no meio do rio Ohio, a ilha de uma milha já foi uma antiga residência de verão para os ricos, mas deteriorou-se à medida que a indústria siderúrgica de Wheeling morreu no final dos anos 70, e as drogas e o crime assumiram.

“Temos crianças perambulando pelas ruas, ouvindo regularmente tiros. Alguns não sabem o que é um banho quente porque não têm água quente - os pais compram drogas em vez de pagar as contas.

“Essas são coisas com as quais as crianças não deveriam lidar”, disse ela.

Skyler (left) and Cameron climb on the tailboard of a fire engine during a field trip to Fire Station 5 in Wheeling, W.Va. They were taking part in House of the Carpenter’s Pre-Work Camp. Photo by Mike DuBose, UM News.
Skyler (à esquerda) e Cameron subiram na traseira de um carro de bombeiros durante uma viagem de campo para a Estação de Bombeiros 5 em Wheeling, Virgínia Ocidental. Eles estavam participando do Pre-Work Camp da Casa do Carpinteiro.

Alguns dos ministérios da transformação incluem programas de ensino de habilidades básicas para a vida, como o gerenciamento de contas correntes e a redação de currículos, apresentações e visitas a pessoas de várias carreiras, e outras atividades voltadas para a construção da autoestima. Há também aulas de culinária e arte, aulas de música e um acampamento de alfabetização.

E isso é apenas o começo. Um lote vazio ao lado foi comprado para construir uma instalação com o objetivo de abrigar ainda mais programas, e o solo foi quebrado em abril de 2018. Depois de lidar com várias questões “desafiadoras” este ano com autorizações da cidade e do governo federal que atrasaram a construção, Linger disse que a nova instalação está marcada para 1 de maio.

Recursos

Fog rolls across the mountains of West Virginia, the state with the highest rate of opioid overdose fatalities per capita. In response to the crisis, United Methodists in the West Virginia Conference began asking: “What if the church got involved?” Photo by Mike DuBose, UMNS. 

Para baixar recursos ou visualizar vídeos da iniciativa “What If?”, visite www.wvumc.org/what-if .

Na Virgínia Ocidental, a 844-HELP4WV (435-7498) é uma linha direta de 24 horas para orientar os dependentes e as famílias sobre recursos e tratamento para a dependência e a saúde mental / emocional.

Assista à “Crise de opiáceos: o que você precisa saber”, um webinar patrocinado pela Wespath Benefits and Investments, apresentado pelo Rev. Barry Steiner Ball.

Leia outras histórias relacionadas em inglês, A Igreja responde à crise dos opióides: o caminho para a recuperação em West Virginia.

Executar um programa tão ambicioso requer muito financiamento e horas de voluntariado.

“É aqui que preciso que a igreja se eleve e diga: 'Essas crianças valem a pena'”, disse Linger. Citando Mateus 10:39, ele acrescentou: “Perca sua vida com essas crianças e você descobrirá o que realmente é viver”.

Muitas igrejas não são capazes de lançar um ministério tão abrangente quanto a Casa do Carpinteiro, mas existem outras oportunidades.

O ministério da alimentação no Templo Metodista Unido em Clarksburg pode ser mais realista: começou com duas pessoas e um carrinho de compras.

Lynne Menendez, membro da igreja, disse que sempre quis organizar um programa de alimentação para crianças, compartilhando memórias de sua melhor amiga que roubava almoços na escola, por necessidade. Vendo um problema crescente de crianças no bairro da igreja passar fome por causa da dependência da família e da pobreza, ela decidiu em 2015 que era hora.

Seu plano inicial era embalar sacos de comida e distribuir na igreja numa noite de sexta-feira, mas ninguém apareceu.

Então ela pensou: "Jesus foi ao povo, então talvez devêssemos começar a andar".

Ela e uma voluntária fizeram 35 sacos de comida e levaram-nos de casa em casa.

“No início, as crianças estavam cautelosas com a gente, mas depois nos aceitaram e indicaram outras casas onde sabiam que as crianças passavam fome”, disse Menendez.

Essas 35 bolsas se tornaram 70, depois 148, e o carrinho de compras foi retirado. Agoraeles têm dois veículos.

 

Zariah (left) visits with Lt. Bill Wagner at Fire Station 5 in Wheeling, W.Va. during a field trip for students in House of the Carpenter’s Pre-Work Camp. Photo by Mike DuBose, UM News.
Zariah (à esquerda) visita o tenente Bill Wagner na estação de bombeiros 5 em Wheeling, W.Va., durante uma viagem de campo para estudantes no Pre-Work Camp da Casa do Carpinteiro. 

Menendez quer encorajar as igrejas, por menores que sejam: até alimentar duas casas à esquerda e duas casas à sua direita é um ministério.

"Se você só impactou uma criança, é mais do que você fez antes", disse ela. “A pesquisa diz que para crianças com trauma, é preciso um adulto significativo em suas vidas para fazer a diferença. Se eu puder ser aquele adulto, então use-me, Deus - estou disposto”.

Lynne Menendez runs a children's food program at United Methodist Temple in Clarksburg, W.Va. Photo by Mike DuBose, UM News.
Lynne Menendez dirige um programa de alimentação para crianças no Templo Metodista Unido em Clarksburg, na Virgínia Ocidental.

George Hohmann e o Rev. David Stilgenbauer também se esforçam para ser aquele “um adulto significativo”. Ambos servem como tutores voluntários em escolas públicas. Enquanto os professores têm uma sala de aula inteira para lidar, os tutores são capazes de dedicar um valioso tempo individual aos seus alunos.

"É bom para essas crianças ver adultos que não são pagos para estar lá dispostos a passar tempo com eles", disse Stilgenbauer.

Ele descreveu um de seus primeiros mentorados, a quem ele fez um desafio: para cada A e B que o aluno recebia, Stilgenbauer fazia flexões; para cada D ou F, o aluno faria as flexões.

“O primeiro boletim, ele fez muitas flexões. Em seu último cartão de relatório antes de se formar no ensino médio, eu estava fazendo quase todas as flexões”, disse ele.

Hohmann, um jornalista aposentado, ensina alunos do quinto ano sobre habilidades de escrita. Ele os ajuda com um ensaio que os alunos são convidados a escrever todos os anos sobre o que querem ser quando crescerem. Muitos de seus alunos não têm apoio em casa e, segundo ele, estão "no limite". Eles podem se expressar bem em "conversas de rua", mas lutam para escrever ou escrever corretamente.

“Algumas dessas crianças vivem em situações que não podemos entender ou acreditar. Elas precisam que as pessoas da igreja deixem seus bancos, saiam e os encontrem e passem tempo com eles”, disse Steiner Ball.

opioids-ministry-with-children-8-thrift-store Cameron (center) bags purchases for a family in the thrift store at House of the Carpenter in Wheeling, W.Va. Photo by Mike DuBose, UM News.
Cameron (centro) entrega a sacola de compras para uma família no brechó na Casa do Carpinteiro em Rodar, W.Va.

“As escolas são pressionadas por recursos; eles estão animados em ter pessoas dispostas a passar o tempo lá”, disse Hohmann.

"Eu nunca passei por aquela porta sem sair duas vezes abençoada", disse Stilgenbauer.

Linger levantou a história de Amari, uma estudante do programa Pathways to Success da Casa do Carpinteiro. Ela declarou no início do ensino médio que queria ser médica; no ano passado, ela colocou todo o dinheiro que ganhou através de um trabalho de verão em uma conta de poupança para a faculdade. Prestes a entrar no seu penúltimo ano, ela está focada em tentar obter uma bolsa de estudos para as aulas.

"Ela já está conversando com escolas de medicina para detectar suas necessidades", disse ele. "Ela vai conseguir, e é isso que você quer assegurar".

Linger disse que em um ambiente com tantas barreiras para o sucesso quanto a Wheeling Island, “você faz o que pode, mesmo quando às vezes você sabe que é uma batalha perdida”.

"Mas eu odeio perder".

Kate Rhodes (right, foreground) leads students from House of the Carpenter back from a field trip on Wheeling Island. Photo by Mike DuBose, UM News.
Kate Rhodes (à direita, em primeiro plano) leva os alunos da Casa do Carpinteiro de volta de uma viagem de campo na Ilha Wheeling. 

 

*Butler é um produtor / editor multimídia e DuBose é fotógrafo da equipe do Notícias Metodista Unida. Contate-os em (615) 742-5470 ou newsdesk@umcom.org . Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos diários ou semanais gratuitos.

**Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para IMU_Hispana-Latina @umcom.org

Missão
Rev. Jeff Allen caminha pelo Capitólio do Estado da Virgínia Ocidental, em Charleston. Allen, diretor executivo do Conselho de Igrejas da Virgínia Ocidental, diz que é importante que a comunidade de fé seja ouvida em questões de políticas públicas. Foto por Mike DuBose, Noticias MU.

Pastores pressionam para ajudar infratores a se reintegrarem à sociedade

Alguns dizem que a religião deve ficar separada da política. Outros acham que a igreja é chamada para advogar por misericórdia e justiça.
Missão
Rachael Porter e o Rev. David Johnston adotaram duas crianças que vieram de uma casa onde havia dependência de opiáceos. Johnston serve como pastor da Igreja Igreja Metodista Unida de Concord, em Atenas, Virgínia Ocidental.

Clero abraça se tornarem pais adotivos

Virgínia Ocidental tem uma das taxas mais altas no país de crianças transferidas para famílias adotivas devido ao abuso de drogas e uma das menores taxas de casas substitutas disponíveis.
Discipulado

Confira como foi as celebrações dos 80 anos do no Cenáculo

Os dias 13 a 16 de junho ficaram marcados na história do no cenáculo, um livrinho que conta histórias reais vivenciadas por milhares de pessoas ao redor do mundo.