Bispa faz visita histórica a Madagascar

Translate Page

Palavras Chaves:

  • A primeira igreja Metodista Unida na nação insular deu as boas-vindas à Bispa Joaquina Filipe Nhanala, que presidiu aos primeiros baptismos, Santa Ceia e confirmacoes da igreja
  • A Igreja Metodista Unida Ambodifasika começou em 2018 sob a liderança de Ratovohery Jean Aime, um cidadão local que aprendeu sobre a denominação durante o treinamento de liderança nos EUA.
  • Durante a visita do bispo, o número de membros saltou para cerca de 500, com a confirmação de quase 100 novos membros e o batismo de 65 crianças e 28 adultos.

Centenas de pessoas lotaram a pequena Igreja Metodista Unida de Ambodifasika para experimentar uma série de novidades: a primeira visita à igreja de um bispo Metodista Unido e seus primeiros batismos, Santa Ceia e confirmações.

A primeira igreja Metodista Unida da ilha também celebrou a sua Junta Administrativa inaugural da igreja e a conferência organizacional durante a visita da Bispa Joaquina Filipe Nhanala, bispa residente da Área de Moçambique, que também foi designada para supervisionar o Campo Missionário de Madagascar.

A Igreja Metodista Unida de Ambodifasika começou em 2018 sob a liderança de Ratovohery Jean Aime, um cidadão local que soube da denominação durante o treinamento de liderança nos Estados Unidos

Nos últimos cinco anos, a igreja tem crescido constantemente, mas durante a visita da bispa no final de Fevereiro, o número de membros saltou para cerca de 500 com a confirmação de quase 100 novos membros e o batismo de 65 crianças e 28 adultos.

“O que estamos vivendo aqui é muito encorajador e promissor,” disse Nhanala durante a visita histórica. “Sinto-me muito abençoada por estar aqui.”

Nhanala passou oito dias no país supervisionando cerimônias e assuntos da igreja. Madagascar é uma ilha localizada no sudoeste do Oceano Índico - separada da costa Africana pelo Canal de Moçambique de 250 milhas de largura. O país tem cerca de 29 milhões de habitantes.

 “Esta é uma ocasião importante na vida da Igreja e do povo de Madagascar,” disse Nhanala. “Viemos para ver e aprender o que o povo deste país está fazendo no cumprimento da Grande Comissão.”

A Bispa Joaquina Filipe Nhanala (à esquerda) ao lado de Ratovohery Jean Aime (segurando a Bíblia) durante a instalação da sinalização direcional para a Igreja Metodista Unida Ambodifasika em Madagascar. A placa, doada pelas Comunicacoes da Metodista Unida, foi inaugurada durante a viagem da bispa em Fevereiro. Foto de Alvin Makunike, Noticias da MU. 
A Bispa Joaquina Filipe Nhanala (à esquerda) ao lado de Ratovohery Jean Aime (segurando a Bíblia) durante a instalação da sinalização direcional para a Igreja Metodista Unida Ambodifasika em Madagascar. A placa, doada pelas Comunicacoes da Metodista Unida, foi inaugurada durante a viagem da bispa em Fevereiro. Foto de Alvin Makunike, Noticias da MU.

Antes de liderar o culto de domingo, a Bispa Nhanala liderou a inauguração de uma placa da igreja ao longo de uma das ruas movimentadas do bairro de Ambodifasika, a cerca de 300 metros da igreja. Ambodifasika fica nos arredores de Antananarivo.

“Convidamos os membros da igreja, membros de igrejas irmãs, chefes e autoridades locais para testemunharem a inauguração da sinalização da igreja,” disse Aime, que serve voluntariamente como pastor local.

“Agradecemos a Deus por esta visita episcopal. A Bispa Nhanala é uma líder maravilhosa que ama as pessoas e a igreja, e agora veio para nos encorajar, para nos guiar em muitas facetas da igreja,” disse ele.

Aime disse que agora que o edificio da igreja está concluído, eles precisam de mobilia e instalação elétrica adequada. Inicialmente, a congregação se reunia nas casas das pessoas, até que Aime ofereceu parte de seu terreno para construir a igreja. Embora ainda haja trabalho a fazer, os membros da igreja disseram que a cerimônia de inauguração foi uma celebração do que ainda está por vir.

“Acredito que com esta sinalização inaugurada, muitas pessoas se juntarão à Igreja Metodista Unida em Madagascar,” disse Rasomanatena Jullette, que compareceu ao evento.

Enquanto a igreja realiza cultos de adoração e realiza outros ministérios, sem um pastor ordenado, a congregação não tem sido capaz de receber os sacramentos.

Durante o culto de 26 de Fevereiro, muitas pessoas vieram receber a Santa Ceia pela primeira vez sob os auspícios Metodistas.

“Partimos o pão juntos como irmãs e irmãos, a primeira experiência com esta família de fé,” disse Nhanala.

Membros da Igreja Metodista Unida de Ambodifasika são confirmados pela Bispa Joaquina Filipe Nhanala (à direita) durante um culto especial em Ambodifasika, Madagascar, no dia 27 de Fevereiro. À direita da bispo está o Rev. João Sambo, assistente da bispo na Área Episcopal de Moçambique . Foto de Alvin Makunike, Noticias da MU. 
Membros da Igreja Metodista Unida de Ambodifasika são confirmados pela Bispa Joaquina Filipe Nhanala (à direita) durante um culto especial em Ambodifasika, Madagascar, no dia 27 de Fevereiro. À direita da bispo está o Rev. João Sambo, assistente da bispo na Área Episcopal de Moçambique . Foto de Alvin Makunike, Noticias da MU.

A bispa baptizou 93 pessoas e confirmou 98 como membros da Igreja Metodista Unida. Ela disse que ficou satisfeita com a comparência de muita gente.

 “Esta foi uma semana de trabalho encorajador e ministério em Madagascar. Primeiro, recebemos todos na família da IMU, antes de serem baptizados ou confirmados na doutrina Metodista,” disse ela. “Isso foi muito bom.”

Aqueles que receberam os sacramentos foram treinados por um trio de pastores Metodistas Unidos da Área Episcopal de Moçambique que visitaram Madagascar em três ocasiões distintas.

Tanto candidatos ao baptismo quanto à confirmação estavam ansiosos para receber as ordenanças.

“Estou muito satisfeito por ter recebido o sacramento do baptismo,” disse Justin Rakotoarimanana, um jovem membro adulto da Igreja Metodista Unida de Ambodifasika.

Rakotoarimanana está na igreja desde a sua criação em 2018.

Mais de 40 crianças foram baptizadas durante o culto de fundação na Igreja Metodista Unida Ambodifasika de Madagascar em 27 de Fevereiro. Foto do Rev. Gustavo Vasquez, Noticias da MU. 
Mais de 40 crianças foram baptizadas durante o culto de fundação na Igreja Metodista Unida Ambodifasika de Madagascar em 27 de Fevereiro. Foto do Rev. Gustavo Vasquez, Noticias da MU.

Os pais e padrinhos levaram seus filhos ao altar para que a Bispa Nhanala os baptizasse.

“Hoje é um dos meus dias mais felizes,” disse Ravosoa Kadamasy, uma mulher de 27 anos que foi baptizada. “Comecei a frequentar esta igreja desde 2020, quando um amigo meu me convidou. Desde então, nunca perdi nenhuma reunião da igreja.”

Perto do final do culto de domingo, Nhanala convidou aqueles que gostariam de ingressar no ministério ordenado e oito candidatos responderam positivamente.

“Neste momento, começamos a entrevistar pessoas da liderança local para ver quem pode ser enviado ao seminário para o treinamento,” disse a bispa.

“Ao ingressar na UMC, alguns de vocês vieram de diferentes denominações, outros não iam à igreja. Dou-vos as boas-vindas a todos, então agora vocês estão se unindo à igreja não apenas aqui em Madagascar, mas em todo o mundo,” continuou ela.

Esdras Rakotoarivony é um dos jovens que respondeu ao chamado para o ministério ordenado.

“Estou muito feliz por ser um membro da IMU,” ele disse.

Os participantes recebem seus certificados de baptismo e confirmação durante o culto inaugural da Igreja Metodista Unida Ambodifasika em Antananarivo, Madagascar. Quase 200 pessoas de todas as idades foram baptizadas e confirmadas durante o culto de 27 de Fevereiro. Foto do Rev. Gustavo Vasquez, Noticias da MU. 
Os participantes recebem seus certificados de baptismo e confirmação durante o culto inaugural da Igreja Metodista Unida Ambodifasika em Antananarivo, Madagascar. Quase 200 pessoas de todas as idades foram baptizadas e confirmadas durante o culto de 27 de Fevereiro. Foto do Rev. Gustavo Vasquez, Noticias da MU.

Erica Tahiriniaina, uma professora de 22 anos da primeira série e agora membro efectivo da Igreja Metodista Unida de Ambodifasika, disse que espera usar suas habilidades de comunicação para compartilhar o bom trabalho que a igreja está fazendo em Madagascar.

“Quando entrei nesta igreja, minha vida Cristã mudou. Comecei a trabalhar duro para a igreja. Precisamos que nossa igreja seja conhecida em todo o país,” disse ela. “Estou muito animada em aprender a contar essas histórias e aplicar minha experiência como professora.”

Madagascar é um campo maduro para o evangelismo, disse Nhanala.

“Podemos dizer que há motivos suficientes para celebrar dentro de nossa área episcopal... quando vemos o crescimento da missão de Jesus Cristo,” disse ela.

Cerca de 480 pessoas compareceram ao culto de Domingo, incluindo alguns convidados do governo local e membros de igrejas dentro do mesmo bairro

Celebrando a Quarta-feira de Cinzas

No início da semana, os membros da igreja se reuniram para celebrar a Quarta-feira de Cinzas.

“O culto da Quarta-feira de Cinzas foi nossa primeira experiência,” disse o membro da igreja Razafunduahibe Herilina. “Aprendemos muito com nossa participação no culto da Quarta-feira de Cinzas e também com as explicações que recebemos da bispa.”

Tanjoriana Clarah, um membro de 17 anos do grupo de jovens da Igreja Metodista Unida de Ambodifasika, disse que as pessoas estavam ansiosas para aprofundarem sua fé.

“Como vocês podem ver, embora seja no meio da semana, muitas pessoas vieram esta manhã para assistir ao culto das 9h da Quarta-feira de Cinzas,” disse ela. “A nossa presença aqui é porque as pessoas querem ouvir a Palavra de Deus.”

A bispa Nhanala também presidiu a primeira reunião da Junta Administrativa da igreja com membros representando as várias classes da igreja, incluindo dos pontos de pregação, mulheres, jovens e outros ministérios, como finanças e Escola Dominical.

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo

Assine a nossa nova newsletter eletrônica em espanhol e português UMCOMtigo
Você gosta do que está lendo e quer ver mais? Inscreva-se para receber nosso novo boletim eletrônico da UMCOMtigo, um resumo semanal em espanhol e português, com notícias, recursos e eventos importantes na vida da Igreja Metodista Unida

¡FIQUE INFORMADO!

“Esta visita episcopal e sua agenda de actividades são muito importantes para nós,” explicou  Rakotoarivony, membro da Junta.

“A primeira Junta da igreja presidida pela bispa ajudou a guiar, moldar, fortalecer e encorajar-nos como uma comunidade de fé, a continuar focado em (fazer) o trabalho de Deus da maneira certa que os Metodistas Unidos fazem.”

Nhanala também presidiu a primeira conferência da igreja.

“Somos gratos pelas experiências desta semana,” disse Rakotoarivony.

Aime disse que a Junta da igreja é diversificada, com uma variedade de faixas etarias representadas.

“Encontrarás jovens, mulheres, homens e todos muito comprometidos em fazer avançar a obra de Deus aqui,” disse ele.

As prioridades da igreja incluem capacitação, plantação de igrejas, combate à pobreza e assistência aos muitos necessitados que vêm à porta da igreja.

“Precisamos desenvolver tanto a igreja quanto seus líderes,” disse Nhanala. “Tenho visto muitas pessoas comprometidas que só precisam de formação em matérias de igreja e liderança comunitária.”

A primeira conferência histórica foi realizada em 25 de Fevereiro sob o tema “Ide e fazei discípulos de Jesus Cristo para a transformação da sociedade” (Mateus 28:19).

A agenda da conferência foi preparada durante a primeira Junta da igreja e guiou os procedimentos da conferência. Todos os membros da Junta da igreja estavam presentes juntamente com cerca de 100 outros que vieram para testemunhar o encontro histórico.

“Esta é a minha primeira experiência e presença na plenária da conferência,” disse Kadamasi com um sorriso.

Os relatórios foram apresentados pela tesoureira, ministério da escola Dominical, comissão de finanças, grupo de jovens e do pastor Aime. Todos os relatórios foram aprovados com aclamação.

Ao avaliar a visita como um todo, Nhanala considerou-a uma experiência frutífera.

“Isso realmente nos ajudou a ver, ouvir, sentir e aprender de diferentes ângulos o que a igreja e as comunidades de Madagascar estão passando,” disse ela, observando que é um país jovem.

“O que prevejo em Madagascar é um rápido crescimento da igreja que deve ser acompanhado de uma boa liderança,” disse ela. “Portanto, precisamos equipar a liderança e os membros da igreja que vêm à nossa igreja”.

*Sambo é o correspondente lusófono para África das Noticias da UM. Makunike é director de comunicações da Conferência da África do Sul da Igreja Metodista Unida. Contacto de imprensa de notícias: Julie Dwyer, editora de notícias, [email protected]  ou 615-742-5469. Para ler mais notícias Metodistas Unidas, assine os resumos diários ou semanais gratuitos.

Área Geral da Igreja
A Bispa Minerva Carcaño fala sobre o testemunho social da Igreja Metodista Unida durante o briefing antes da Conferência Geral de 2020 em Nashville, Tennessee. Bishop está em licença desde março de 2022. Foto de arquivo de Mike DuBose, Notícias MU.

MARCHA pede ao bispo que conduza o julgamento do Bispa Carcaño

O caucus hispano-latino da Igreja Metodista Unida (MARCH) apontou em uma carta pública a necessidade de o Conselho de Bispos conduzir o julgamento contra o Bispo Carcaño para garantir equidade e justiça.
Missão
Bispa Joaquina Filipe Nhanala da Área Episcopal de Moçambique faz o lançamento da pedra para a construção do aviário em Gondola. Foto de Eurico Gustavo.

Iniciativa Bispo Yambasu oferece esperança no Norte

Os membros da Igreja estao ajudando no combate a inseguranca alimentar no Norte de Mocambique, atraves da Iniciativa Agricola Yambasu. Uma subvencao de $245,000 ajudara na formacao dos membros da igreja na plantacao de novas culturas, processamento, comercializacao e para o consumo familiar.
Missão
Roland Fernandes, executivo de alto nível dos Ministérios Globais, dirige-se aos delegados da Consultação da Missão em África em Maputo, Moçambique, de 17 a 19 de Abril. A reunião permitiu à agencia ouvir e envolver os bispos, delegados e parceiros na missão no continente. Foto do Rev. Isaac Broune, Notícias da UM.

Consultação traça caminho para a igreja missional

A Junta dos Ministérios Globais da Metodista Unida reuniu-se em Maputo, Moçambique, para ouvir e envolver parceiros em África sobre os programas de missão.

 

United Methodist Communications is an agency of The United Methodist Church

©2023 United Methodist Communications. All Rights Reserved