Até quando? Possível resposta esta na mão do Conselho dos Bispos

Os delegados da Conferencia Geral aparentemente pressionaram o botão de “PAUSA” no debate quadrienal da denominação sobre homossexualidade.

Foi ni final da tarde do dia 18 de Meio que os delegados votaram a favor da recomendação do Conselho dos Bispos de adiar o debate sobre a homossexualidade neste encontro da mais alta assembleia de tomada de decisão desta denominação, permitindo assim que a comissão proposta estude a os regulamentos da igreja.

Os bispos pede permissão da conferência para nomear uma comissão especial que irá examinar completamente e possivelmente recomendar revisão de todos os parágrafos no Livro de disciplina, que esteja ligado a homossexualidade. Esta comissão ira representar os quatro continentes assim como as várias perspetivas da Igreja.

“Nós aceitamos o nosso papel como líderes espirituais para orientar a Igreja Metodista Unida numa “pausa pra oração” – parar um pouco com a tentativa a solução legislativa e internacionalmente procurarmos pela vontade de Deus para o futuro,” Disse Bispo Bruce Ough, Presidente do Conselho dos Bispos ao anunciar a recomendação.

Conferência Geral Especial poderá ser convocada

Na senda da discussão deste assunto, de entre algumas possíveis soluções, os bispos sugerem a possibilidade de convocarem uma Conferencia Geral Especial em 2018 ou 2019 para lidar com a proposta avançada – “os bispos sugerem que poderão convocar uma Conferencia Geral especial para lidar com esta proposta”, disse Ough.

Bispos Africanos mostram a sua posição

Nessa altura, os bispos africanos deixaram claro que eles encorajam aos delegados a não abandonarem os ensinamentos da igreja que definem o casamento como sendo a união de homem e mulher. Desde 1972 o Livro da Disciplina indica que todas a pessoas tem um valor sagrado, porem a igreja considera a prática da homossexualidade como incompatível com os ensinamentos Cristãos.

Um encontro dos Bispo já esta marcado para o dia 21 de Maio, depois do encerramento da Conferencia Geral, para estudarem os possíveis caminhos para a solução deste assunto.

* Naftal O.M. aftal e tradutor na CG2016 e relatór para United Methodist News Service. Pode contactar o nnaftal@UMCOM.ORG

Último artigo

As máquinas de votação Sobressalentes repousam sobre uma mesa na Conferência Geral Metodista Unida de 2019 em St. Louis. Algumas pessoas na igreja estão pedindo uma investigação independente sobre as irregularidades na votação durante a conferência. Foto de Mike DuBose, SMUN.

Perguntas sobre a força-tarefa repercutindo pela igreja

A integridade do órgão legislativo da Igreja Metodista Unida será o foco de uma força-tarefa especial que incorpora possíveis impropriedades de votação na recente Conferência Geral de 2019.
Preocupações Sociais
Ann Hammond compartilha com o Rev. Barry Steiner Ball os seus planos para criar uma casa de recuperação para mulheres dependentes em um imóvel mais velho, no terreno do Templo Metodista Unido em Clarksburg, Virgínia. Foto por Mike DuBose, SMUN.

Conferência pergunta 'e se' a igreja enfrentou a crise das drogas

A crise nacional das drogas superou as manchetes de notícias há muito tempo, mas ainda não é possível compreender um resumo das estatísticas.
Conferência Geral
O Bispo Gregory V. Palmer, da Conferência Oeste de Ohio, discursa no Comitê Permanente sobre Assuntos da Conferência Central durante sua reunião em Manila. Ele presidiu o subcomitê do Comitê Plano Compreensivo da África. Foto de Heather Hahn, SMUN.

Grupo aconselha onde acrescentar 5 novos bispos africanos

Um corpo de liderança Metodista Unida apoiou unanimemente um plano que modifica o mapa da igreja na África e adiciona cinco novos bispos à região de mais rápido crescimento da denominação.