Posicionamento do CLAI/Brasil em defensa da democracia, da paz e da justiça

Considerando o ambiente político nacional e o clima de mobilizações políticas destes últimos dias, cremos que se faz necessário agir com discernimento e sabedoria na luta pela manutenção da democracia, da paz e da justiça.
 
Por isso, juntamo-nos a todas as vozes proféticas, que vêm denunciando a injustiça cometida por pessoas ou grupos que querem acabar com a democracia do nosso país.
 
Em meio aos poderosos que matam e querem calar a voz de todas as pessoas que lutaram e lutam para libertar o povo oprimido, que vivia à margem da sociedade, sem direitos e sem voz, devemos perceber os “sinais” libertadores onde a justiça se faça presente.
 
Dessa forma, nosso desafio é seguir firmes na resistência negando ao ódio, a violência e a opressão;
 
Devemos nos manter em constante diálogo, fortalecendo nossos direitos fundamentais de uma democracia justa e transparente;
 
Continuemos firmes no anúncio e na denúncia de injustiças, pois Jesus afirma que “Felizes aqueles que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus. Felizes vocês, se forem insultados e perseguidos, e se disserem todo tipo de calúnia contra vocês, por causa de mim. Fiquem alegres e contentes, porque será grande para vocês a recompensa no céu, pois foi assim que perseguiram os profetas, que vieram antes de vocês”. (Mateus 5,10-12).
 
Lembremo-nos que Jesus disse aos fariseus e escribas: “Se meus discípulos se calarem, até as pedras gritarão”. Que descubramos juntos, nesses processos sociais e políticos, sinais de que o projeto libertador vem para todas as pessoas e os poderes violentos deste mundo, sejam eles, econômicos, políticos, jurídicos ou religiosos não terão vez e nem voz.
 
Não podemos nos calar e nem tolerar mudanças políticas conservadoras e retrógadas que nos afastam dos projetos de paz e justiça para todas as pessoas. Sigamos na busca e luta pelos direitos e pela dignidade de vida. Pois o desafio de todo cidadão e toda cidadã, cristão e cristã está em meditar sobre a verdade, ler criticamente o que a imprensa vincula, buscar a paz que promove em sua vida frutos advindos da justiça. E com isso, não apenas oremos, mas também pratiquemos ações para que o Deus da justiça gere em nosso país uma limpeza completa, pois não aceitaremos mais imposição de espinheiros (Juízes 9.7-20).  E que Deus seja misericordioso para com o nosso país e para com todos! 
 
Diretoria do CLAI - Região Brasil
 
http://www.claiweb.org/index.php/15-para-banner-home/104-posicionamento-do-clai-brasil-em-defesa-da-democracia-da-paz-e-da-justica

Último artigo

Área Geral da Igreja
Senhora Esperanca Fernando David, a Presidente das Mulheres Metodistas Unidas, recem-eleita a 29 Outubro de 2018 para a Conferencia do Sul de Moçambique

MMU em Moçambique elegem novas líderes

Conferência Bienal da Organização traz milhares de delegadas juntas, e culmina com eleições da nova liderança para a nova Conferência a ser criada em Moçambique.
Área Geral da Igreja
Missionarios e algunds oficiais da Conferencia do Leste de Angola.

O Episcopado no caminhar do Metodismo Unido em Angola

Os participantes buscaram o significado do Quiongua para os metodistas angolanos, e acharam não imortaliza-la visto que é um local histórico que cria-se um investimento turístico religioso e que trabalhassem como abelhas para o bem de todos.
Missão
Mais de 200 jovens participaram numa campanha de prevenção da cólera em Funda, uma vila a 19 milhas do centro de Luanda. Os jovens da Metodista Unida distribuíram hipocloritos de sódio, sabão, sacos plásticos e panfletos informativos às populações que vivem a beira do rio, uma área severamente afectada pelo surto. Fotografia por: Augusto Bento

Jovens Metodistas Unidos combatem cólera em Angola

Campanhas de sensibilização ajudam a reduzir casos e mortes em áreas vulneráveis de Luanda, uma cidade com cerca de 2,5 milhões de habitantes.