Posicionamento do CLAI/Brasil em defensa da democracia, da paz e da justiça

Considerando o ambiente político nacional e o clima de mobilizações políticas destes últimos dias, cremos que se faz necessário agir com discernimento e sabedoria na luta pela manutenção da democracia, da paz e da justiça.
 
Por isso, juntamo-nos a todas as vozes proféticas, que vêm denunciando a injustiça cometida por pessoas ou grupos que querem acabar com a democracia do nosso país.
 
Em meio aos poderosos que matam e querem calar a voz de todas as pessoas que lutaram e lutam para libertar o povo oprimido, que vivia à margem da sociedade, sem direitos e sem voz, devemos perceber os “sinais” libertadores onde a justiça se faça presente.
 
Dessa forma, nosso desafio é seguir firmes na resistência negando ao ódio, a violência e a opressão;
 
Devemos nos manter em constante diálogo, fortalecendo nossos direitos fundamentais de uma democracia justa e transparente;
 
Continuemos firmes no anúncio e na denúncia de injustiças, pois Jesus afirma que “Felizes aqueles que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus. Felizes vocês, se forem insultados e perseguidos, e se disserem todo tipo de calúnia contra vocês, por causa de mim. Fiquem alegres e contentes, porque será grande para vocês a recompensa no céu, pois foi assim que perseguiram os profetas, que vieram antes de vocês”. (Mateus 5,10-12).
 
Lembremo-nos que Jesus disse aos fariseus e escribas: “Se meus discípulos se calarem, até as pedras gritarão”. Que descubramos juntos, nesses processos sociais e políticos, sinais de que o projeto libertador vem para todas as pessoas e os poderes violentos deste mundo, sejam eles, econômicos, políticos, jurídicos ou religiosos não terão vez e nem voz.
 
Não podemos nos calar e nem tolerar mudanças políticas conservadoras e retrógadas que nos afastam dos projetos de paz e justiça para todas as pessoas. Sigamos na busca e luta pelos direitos e pela dignidade de vida. Pois o desafio de todo cidadão e toda cidadã, cristão e cristã está em meditar sobre a verdade, ler criticamente o que a imprensa vincula, buscar a paz que promove em sua vida frutos advindos da justiça. E com isso, não apenas oremos, mas também pratiquemos ações para que o Deus da justiça gere em nosso país uma limpeza completa, pois não aceitaremos mais imposição de espinheiros (Juízes 9.7-20).  E que Deus seja misericordioso para com o nosso país e para com todos! 
 
Diretoria do CLAI - Região Brasil
 
http://www.claiweb.org/index.php/15-para-banner-home/104-posicionamento-do-clai-brasil-em-defesa-da-democracia-da-paz-e-da-justica

Último artigo

As máquinas de votação Sobressalentes repousam sobre uma mesa na Conferência Geral Metodista Unida de 2019 em St. Louis. Algumas pessoas na igreja estão pedindo uma investigação independente sobre as irregularidades na votação durante a conferência. Foto de Mike DuBose, SMUN.

Perguntas sobre a força-tarefa repercutindo pela igreja

A integridade do órgão legislativo da Igreja Metodista Unida será o foco de uma força-tarefa especial que incorpora possíveis impropriedades de votação na recente Conferência Geral de 2019.
Preocupações Sociais
Ann Hammond compartilha com o Rev. Barry Steiner Ball os seus planos para criar uma casa de recuperação para mulheres dependentes em um imóvel mais velho, no terreno do Templo Metodista Unido em Clarksburg, Virgínia. Foto por Mike DuBose, SMUN.

Conferência pergunta 'e se' a igreja enfrentou a crise das drogas

A crise nacional das drogas superou as manchetes de notícias há muito tempo, mas ainda não é possível compreender um resumo das estatísticas.
Conferência Geral
O Bispo Gregory V. Palmer, da Conferência Oeste de Ohio, discursa no Comitê Permanente sobre Assuntos da Conferência Central durante sua reunião em Manila. Ele presidiu o subcomitê do Comitê Plano Compreensivo da África. Foto de Heather Hahn, SMUN.

Grupo aconselha onde acrescentar 5 novos bispos africanos

Um corpo de liderança Metodista Unida apoiou unanimemente um plano que modifica o mapa da igreja na África e adiciona cinco novos bispos à região de mais rápido crescimento da denominação.