Novo Reitor da Universidade vê potencial em Moçambique

Other Manual Translations: English

A Universidade Metodista Unida de Moçambique, que abriu em 2017, pode esperar um crescimento significativo, de acordo com o reitor da mesma.

“Irá crescer porque está localizada num centro educacional onde várias escolas se encontram no mesmo campus,” disse o Rev. Dr. Júlio André Vilanculos. Ele se referia a escolas primária, básica, vocacional e média que partilham um mesmo campus com a universidade, no Centro Educacional de Cambine em Morrumbene, a cerca de 400 milhas a nordeste de Maputo.

“Milhares de estudantes de diferentes idades migram para um mesmo campus, e isso tem uma cadeia de valores para (a universidade) o crescimento porque um grande número do seu corpo estudantil virá dessas escolas,” adicionou Vilanculos.

Hoje, estão matriculados 116 estudantes, aproximadamente um terço dos quais são mulheres. A escola tem quatro faculdades – teologia; engenharia informática; gestão e administração; e educação.

Os líderes da Universidade planificam construir oito adicionais salas de aulas, um laboratório de informática e uma biblioteca central nos próximos dois anos.

Vilanculos disse ainda que a instituição beneficia muitas pessoas nesta área, onde escolas de ensino superior são escassas. Ele disse que a universidade, como uma instituição religiosa, oferece uma “dupla bênção de crescimento académico e espiritual” num único lugar.

Durante a cerimónia de tomada de posse de Vilanculos a 20 de Setembro, o líder da comunidade de Cambine senhor Edmundo Benedito Maurício agradeceu a Igreja Metodista Unida pela sua “realização exemplar” ao providenciar uma instituição de ensino superior em Moçambique

“Os nossos filhos não vão viajar nunca mais longas distâncias para encontrarem uma universidade. Vão sim estudar e crescer aqui sob o nosso olhar e orientação,” disse ele.

“O surgimento desta universidade vem reduzir e aliviar o custo de estudos nas nossas famílias. Não iremos mais nos preocupar com o pagamento de largas somas de dinheiro apenas para eles conseguirem um lugar para dormirem ou transporte de e para grandes cidades. Deus respondeu as nossas orações.”

Vilanculos disse ainda ter sido encorajado pela Bispa da Área Episcopal de Moçambique Joaquina Filipe Nhanala, quem o nomeou para o posto.

Antes de estudar teologia na África University, Vilanculos serviu como pastor em várias congregações da Metodista Unida nas Conferências Anuais do Norte e Sul do Save. Depois da sua graduação, ele tornou-se um professor no Seminário Teológico de Cambine e depois Director do Seminário em 2010. Ele tem servido em várias capacidades no Centro Educacional de Cambine nos últimos oito anos.

Vilanculos expressou alguma preocupação sobre a falta de experiencia necessária para liderar uma instituição de ensino superior, mas Nhanala discordou com ele.

“Vais aprender dirigir dirigindo. Estarei orando por si e a igreja toda também estará orando por si,” disse a bispa.

Olhando para o futuro, Vilanculos disse que espera que a igreja irá “continuar a apoiar a “bebe” universidade para crescer nas suas infra-estruturas, corpo docente e providenciar educação de qualidade que irá ao encontro das expectativas dos estudantes e das necessidades de sociedade.”

Adicionou ele dizendo, “ é importante que comecemos muito bem nestes primeiros anos de nossa existência, porque aqueles a quem servimos irão marquetizar a nossa universidade.

Filipe Hoguane, um membro do corpo docente que lecciona Introdução ao Antigo e Novo Testamentos e Inglês como segunda língua, disse que a universidade é acessível e conveniente e irá ajudar os jovens a concretizarem seus sonhos.

“Com esta Universidade, eu imagino muitos jovens rapazes e raparigas, que tinham dificuldades e acessarem a educação universitária, poderem materializar seus sonhos. As propinas, taxas, livros e dormitórios, que são uma barreira para eles nas universidades distantes, nunca mais serão um obstáculo,” disse ele.

Hoguane disse ainda que a igreja trouxe a universidade para comunidades rurais, e espera que isso acabe com a mentalidade de que universidades são apenas para população urbana.

“É de facto um lugar onde a mistura da natureza e educação é atingível, e um lugar de esperança e transformação social para as gerações presentes e futuras.”

Como Ajudar

As doações para a Universidade Metodista Unida de Moçambique podem ser feitas através da Junta Geral dos Ministérios Globais pelo Advance #3022083.

O financiamento primário para esta universidade vem dos estudantes através das matrículas e propinas. Porém, as igrejas locais na Conferência de Sul de Moçambique também coleccionam fundos que são canalizados através da Junta de Educação em apoio as bolsas de estudos.

Um Advance através da Junta dos Ministérios Globais da Metodista Unida também foi estabelecido para a concessão de bolsas de estudos e para auxiliar no pagamento das despesas administrativas.

Emilia Rosa F. Cobane Sumbane, uma estudante do segundo ano na faculdade de teologia, disse que a universidade vem fechar uma lacuna ao oferecer uma instituição académica desta natureza no Distrito de Morrumbe.

“Graduei do ensino médio oito anos atrás, mas não conseguia ir a universidade por uma série de razões: financiamento, distancias, falta de uma instituição religiosa com Tradição Wesleyana,” disse ela.

Cobane é superintendente distrital que supervisiona quatro distritos dentro da Área de Morrumbene.

“Vejo-me como pioneira de muitas gerações ainda por virem, incluindo minhas duas filhas menores. (A Universidade Metodista Unida de Moçambique) continuará a crescer para um estágio em que tornará-se a espinha dorsal dum aprendizado académico e excelência em toda Província de Inhambane,” disse ela.

Sambo é o Correspondente Lusófono em África da United Methodist News Service.

Contacto das Noticias do Midia: Vicki Brown at 615-742-5470 ou newsdesk@umcom.org. Para ler mais United Methodist news, subscreva para o free Daily ou Weekly Digests.

Último artigo

Missão
Rachael Porter e o Rev. David Johnston adotaram duas crianças que vieram de uma casa onde havia dependência de opiáceos. Johnston serve como pastor da Igreja Igreja Metodista Unida de Concord, em Atenas, Virgínia Ocidental.

Clero abraça se tornarem pais adotivos

Virgínia Ocidental tem uma das taxas mais altas no país de crianças transferidas para famílias adotivas devido ao abuso de drogas e uma das menores taxas de casas substitutas disponíveis.
Conferência Geral
O Gabinete de Conferência California-Nevada emitiu uma declaração rejeitando a desfiliação ou a retenção de contribuições em resposta ao Plano Tradicional aprovado pela Conferência Geral de 2019. Foto do Centro Metodista Unido da Conferência Califórnia-Nevada em Sacramento, Califórnia, cortesia da conferência.

California-Nevada diz não para retenção de fundos, e desfiliação

O gabinete divulgou uma declaração após um retiro no qual os líderes revisaram as ações e discussões da sessão da conferência anual.
Igreja Local
A polícia disse que um homem do Tennessee invadiu uma igreja em Milford em 1º de julho de 2019 e danificou a porta do escritório porque acreditava que a igreja e seu pastor "apoiavam e promoviam a agenda LGBT". Charles Yarbrough, 30, de Nashville, foi acusado de um crime de ódio, roubo e crime de propriedade. A Igreja Metodista Unida (IMU) Mary Taylor Memorial, no centro de Milford, proclamou que recebe membros da comunidade LGBTQ. Foto de Stock UMCOM.

Policiais de Milford: um homem do Tennessee invadiu a igreja por 'empurrar a agenda LGBT'

A polícia disse que um homem do Tennessee invadiu uma igreja em Milford e danificou uma porta do escritório porque acreditava que a igreja e seu pastor "estavam apoiando e empurrando a agenda LGBT".