Juventude em Angola Leste Salvando Vidas através da doação de Sangue para o Hospital Local em Malange

A organização da Juventude é uma escola, na qual os membros são formados, instruídos, dirigidos e preparados para se tornarem membros úteis na Igreja e a Sociedade no geral.

Esta organização, foi criada oficialmente no dia 4 de Julho de 1952, na conferência Anual de Angola, que decorreu em Luanda, tendo colocado Cristo acima tudo como seu alvo principal. Na altura, sob a presidência do jovem Emílio Júlio Miguel de Carvalho. A organização dos jovens é constituída por indivíduos dos 12 aos 25 anos de idade.

 Esta Juventude, realizou no dia 4 de maio, no Hospital Materno Infantil no Município de Malange, uma campanha de doação de sangue na área da Hemoterapia, evento que era guiado sob o lema: Ajudo porque Jesus me ajudou (Joao:3:16-17).

Mais de dez (10) jovens aderiram a campanha. Alguns, por motivos de idade e peso insuficiente não puderam doar o precioso sangue para salvar vidas. Cada membro, doou 500 ml daquele precioso líquido vital.

A Directora interina do hospital materno infantil, Dra. Teresa Gomes, afirmou: “em nome do nosso estabelecimento hospitalar, estamos muito mesmo satisfeitos com o trabalho realizado pela juventude da Igreja Metodista Unida, pelo gesto tao humanitário que tiveram e realizaram aqui.” Aquela dirigente, falava para a nossa reportagem minutos depois de alguns jovens terem começado com a doação.

Esta acção, que não seja primeira nem a ultima vez, que venham mais vezes.” Concluiu a Gomes.

Moisa Pereira a ser canalizada a veia para iniciar com a transfusa: Foto de Joao Nhanga 
Moisa Pereira a ser canalizada a veia para iniciar com a transfusa: Foto de Joao Nhanga 

Para um individuo doar o seu precioso sangue é necessário fazer certos exames, como triagem clinica que são perguntas pessoais que fizemos ao doador”. Disse Firmina de Almeida a chefe da área da hemoterapia do hospital provincial materno infantil.

Um dos requisitos para que um homem ou uma mulher sejam doadores, é que eles devem ser maiores de 18 anos de idade e com um peso superior a 50 kg.” Explicou a Almeida.

Num outro comentário, a enfermeira em serviço naquele dia, sublinhou: “Agradecemos a vossa iniciativa pois a frequência de doações cá no nosso hospital tem sido muito fraca, e normalmente recebemos apenas doadores de familiares cujos doentes estão internados na nossa unidade hospitalar” disse a Felisbina Contreiras Diogo.

Quando estamos sem estoque no nosso banco de sangue, recorremos á rádio e fazemos um comunicado á nossa comunidade a fim de satisfazer a necessidade.” Explicou a Felisbina.

Por dia, realizamos dentre 15-25 transfusões. Cada indivíduo pode doar 500 ml. Para nós aqui na pediatria é uma valia porque este mesmo balão pode fazer transfusão até três crianças.” Disse Musany Júlia Tamba outra enfermeira em serviço.

O propósito deste programa é de mostrar às pessoas a relevância de se solidarizarem com as pessoas que necessitam.” Disse Sousa Pedro Director da juventude da Igreja Dona Eva Pedro de Andrade.

Este interlocutor, foi mais além ao afirmar que: “agora esperamos que o hospital faça a divisão equitativa do sangue ora doado, pelos necessitados que eles têm.”

Doutora Firmina em breves consideracoes com a juventude apos a campanha de doacao de sangue: Foto de Joao Nhanga 
Doutora Firmina em breves consideracoes com a juventude apos a campanha de doacao de sangue: Foto de Joao Nhanga 

Moisa Pereira Agostinho, uma das jovens doadoras explicou-nos: “Decidi doar meu sangue para salvar vidas, como minha resposta pelo amor recebido de Cristo, que aceitou morrer na cruz no meu lugar.´´

´´Faço esta doação para beneficiar os meus irmãos internados neste. Faço isso, como estando a fazer para Cristo.”

Agostinho, que é vice Directora da Juventude da Igreja Dona Eva Pedro de Andrade, concluiu afirmando ´´Sinto me feliz porque cumpri com um propósito humanamente aceitável. Portanto, já sei que com este meu sangue poderei salvar três crianças segundo disse a Doutora.”

De princípio tive muito medo, em ver aquelas agulhas grandes, agora o sentimento é de dever comprido.” Disse Conceição André Dias.

Um dos propósitos desta actividade é de minimizar mortes por falta de sangue no hospital que beneficia a nossa população”, conclui a Conceição, também membro da Juventude da Igreja Dona Eva Pedro de Andrade que fazia parte dos jovens doadores do precioso liquido vital.

Último artigo

Evangelismo
O Bispo Daniel Wandabula, da Área Episcopal da África Oriental, pediu aos comunicadores que “unissem a igreja (antes) de perpetuar as divisões” durante a reunião anual da Rede de Rádio Metodista Unida, de 25 a 27 de abril, em Kampala, Uganda. Foto do Rev. Taurai Emmanuel Maforo.

O rádio pode ajudar a unir igreja dividida, diz bispo

O bispo Daniel Wandabula, da Área Episcopal da África Oriental, pediu união durante a quinta reunião anual da Rede de Rádio Metodista Unida, notando que a rádio é uma ferramenta importante para ajudar a unir a denominação após a divisão da Conferência Geral especial.
Missão
Um médico examina uma criança em um acampamento para pessoas deslocadas em enchentes no rescaldo do ciclone Idai, perto de Beira, Moçambique. Foto: REUTERS / Mike Hutchings (por favor, não reutilize).

'Agradecemos a Deus porque estamos vivos'

Os membros da Igreja Metodista Unida de Malanga se uniram às igrejas irmãs no Conselho Cristão ecumênico de Moçambique para um culto de solidariedade em 22 de março para dar apoio aos sobreviventes do ciclone Idai.
Conferência Geral
O Bispo Gregory V. Palmer, da Conferência Oeste de Ohio, discursa no Comitê Permanente sobre Assuntos da Conferência Central durante sua reunião em Manila. Ele presidiu o subcomitê do Comitê Plano Compreensivo da África. Foto de Heather Hahn, SMUN.

Grupo aconselha onde acrescentar 5 novos bispos africanos

Um corpo de liderança Metodista Unida apoiou unanimemente um plano que modifica o mapa da igreja na África e adiciona cinco novos bispos à região de mais rápido crescimento da denominação.