Furacão “Matthew” deixa mais de 250 mortos e destroi Haiti

(ANSA) – Subiu drasticamente o número de mortes causadas pela passagem do furacão Matthew pelo Caribe, considerado o mais perigoso em uma década a atingir a região. Somente no Haiti, por onde o furacão passou há dois dias e destruiu cidades e plantações, foram ao menos 98 mortes, muitas provocadas por quedas de árvores e inundações. Alguns jornais da América Central já falam em mais de 283 vítimas na região.

A estimativa é de que 350 mil pessoas estejam precisando de assistência imediata no Haiti. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) disse que a situação se assemelha a um “cenário apocalíptico”. De acordo com o porta-voz do órgão na Itália, Andrea Iacomini, cerca de 522 mil crianças foram atingidas com a passagem do Matthew, que segue em direção às Bahamas e à Florida, nos Estados Unidos, com ventos de 200 km/h.

Iacomini disse que estão sendo registrados casos graves de cólera, dengue e zika vírus. “Com nossas equipes chegando, finalmente, às áreas atingidas, começam a vir notícias da situação”, comentou. O Haiti foi devastado por um terremoto em janeiro de 2010 e até hoje não conseguiu se recuperar completamente.

* Escrito por Agência ANSA Brasil. Este artigo foi publicado no Expositor Cristão. Para visualizar abrir aqui.

Evangelismo
Duas jovens moçambicanas exibem seus trajes tradicionais durante o encontro da Rede de Jovens e Jovens Adultos da África em Nairobi, Quénia. Jovens Metodistas Unidos de todo o continente africano reuniram-se no Centro de Conferências Desmond Tutu, sob o tema “Levanta-te e Brilhe”. Foto de Gad Maiga, Noticias da MU

Jovens Metodistas Unidos conectam-se no Quénia

Os jovens da Conferência Central da África e os jovens adultos se reúnem para procurar formas de brilhar nos papéis de liderança na igreja e nas suas comunidades.
Preocupações Sociais
Portia Kasuso, 11, experimenta sua nova cadeira de rodas com pedal manual durante um serviço de reavivamento dos Metodistas Unidos em Murewa, no Zimbábue. O presente da cadeira de rodas foi facilitado pela Conferência Oeste da Igreja no Zimbábue. Foto do Rev. Taurai Emmanuel Maforo, Notícias MU.

Cadeira de rodas abre novas portas para menina na zona rural do Zimbábue

Movido pelo espírito de 11 anos de idade, o bispo Nhiwatiwa e os pastores locais pedem ajuda para que ela obtenha uma educação.
Igreja Local
O Rev. Shawn Moses (à direita) da Igreja Metodista Unida da Primeira Graça, Nova Orleans, recebe uma nova família que se junta à igreja. Foto de Kathy L. Gilbert, Notícias MU.

A Questão Metodista: O que significa ser um membro?

Para os Metodistas Unidos, a associação exige participação ativa em uma congregação local que busca tornar o mundo mais parecido com o Reino de Deus.