Evangelismo durante as olimpíadas

Organizações cristãs já estão se mobilizando para realizar evangelismo em todas as cidades brasileiras, durante o período das Olimpíadas no Rio de Janeiro. As Olimpíadas Rio2016 vão começar no dia 5 de agosto, então ainda há tempo para quem deseja envolver a igreja, grupo de jovens ou de evangelismo em projetos missionários.

Be sure to add the alt. text

 

 

A Agência Malta (Missão Jovem Metodista), lançou essa semana em seu site o conjunto de “Ações Evangelísticas nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos”. O propósito é dar suporte à todas as igrejas que desejam aplicar o projeto, respeitando a realidade e regionalidade de cada grupo, por isso todas as sugestões de trabalhos podem ser adaptadas para cada comunidade.

Entre o material de apoio disponibilizado, estão as edições do livreto “A jogada Perfeita”, além de folhetos e aplicativos disponíveis para download. Também é possível comprar a versão impressa do material. A Agência oferece ainda manuais para quem optar pela organização de festivais comunitários, sugeridos pela Fusion Brasil.

O site também informa algumas das Redes de evangelização que estão preparando voluntários para ações no Rio de Janeiro. Entre elas, estão a REGAR (Rede Global de Artes) e a Agência Jovens com uma Missão (Jocum), que planejam desde o começo desse ano o movimento “Jesus for all“.

Be sure to add the alt. text

 

É necessário ser treinado no Movimento Braços Abertos (MBA), para servir com essas organizações. O próximo treinamento acontece no dia 02 de junho na Primeira Igreja Batista do Paraíso, em São Gonçalo no Rio de Janeiro. 

Acesse o site da Agência Malta e saiba mais.

No Cenáculo

O Devocionário no Cenáculo, também lançou uma edição especial para os jogos. O material oferece 32 mensagens, sem data exata de aplicação, e ainda conta a história das Olimpíadas, Os textos também usam o testemunho de diversos atletas para trazer reflexões cristãs no momento devocional.

O livro aborda destaques históricos das Olímpiadas desde 2.500 a.C. quando os jogos começaram na Grécia. Um dos textos fala sobre as Olimpíadas em Berlim, na Alemanha em 1936, que foram abertos por Adolf Hitler. O título “Somos todos iguais”, usa como o exemplo o fato de que os arianos esperavam constatar a existência de uma raça superior, porém sem sucesso. Essa e outras histórias estão presentes na publicação, junto com 31 mensagens sem data específica para leitura, e versículos bíblicos ilustrados com nossos atletas.

Antônio Augusto de Souza e Sônia Rosa Faria também apresentam sua impressão sobre o livro. “Esta edição especial do no Cenáculo convida-nos ao encontro do outro, de sua cultura, de seu modo de se expressar, assim como a capacidade de comungar com o mesmo ideal: o sucesso como um esporte para todos, cujo objetivo maior não deve ser apenas a vitória individual ou coletiva, mas sim, a interatividade e a cooperação entre os competidores de todas as nações e povos”, explicam os autores de uma das cartas de apresentação do devocionário.

 Para adquirir, entre em contato com assinaturas@nocenaculo.org.br ou ligue para (11) 2813-8605.

Você também pode conhecer mais do devocionário na matéria do Expositor Cristão sobre o lançamento.

 

* Para ver a publicação original do Expositor Cristão, abra aqui

Último artigo

Área Geral da Igreja
Foto de Jan Snider, Comunicações Metodistas Unidas.

Cláusula de confiança Metodista Unida: crítica em meio à luta?

Houveram tempos nos últimos 100 anos, quando uma congregação decidia não querer mais fazer parte da denominação Metodista Unida, mas deseja manter toda a propriedade da igreja.
Preocupações Sociais
Ramiro Ramírez toca a campainha da Igreja Metodista Unida de Jackson Chapel em San Juan, Texas. A família de Ramírez doou terras para a igreja, que foi estabelecida em 1874. O muro de fronteira proposto pelo presidente Trump está programado para percorrer a propriedade da igreja, incluindo seu cemitério histórico. Foto de Mike DuBose, SMUN.

Muro da fronteira cortaria igreja histórica

A parede fronteiriça proposta pelo presidente Donald Trump poderia destruir um pedaço da história metodista e perturbar cemitérios sagrados nesta pequena área rural a pouco mais de um quilômetro do Rio Grande.
Área Geral da Igreja
The Rev. Forbes Matonga. Photo by Paul Jeffrey.

Planos tradicionais mantêm status quo

Dois planos - o Plano Tradicional e o Plano Tradicional Modificado - apelam aos Metodistas Unidos que desejam manter o status quo na abordagem da igreja à homossexualidade.