Cuanza Norte: Encerra 32ª Conferência Anual do Oeste da Igreja Metodista Unida

A 32ª Conferência Anual da Igreja Metodista Unida que decorre em Ndalatando (capital do Cuanza Norte) desde o passado dia 11 do mês em curso encerra hoje, domingo, tendo como ponto mais alto a nomeação de novos pastores que vão assegurar a actividade missionária em diversas comunidades do país.

O culminar do evento está a ser marcado na manhã deste domingo com uma celebração solene no largo 1º de Maio de Ndalatando, presidida pelo bispo Gaspar João Domingos e presenciada por mais de mil fiéis metodistas, presbíteros, entidades do governo e convidados.

Segundo o programa, o ponto mais alto da celebração será marcado com a apresentação de mais de 20 novos pastores que deverão trabalhar nas diversas igrejas do país, à luz das nomeações episcopais, a par de uma cerimónia de aposentação oficial de alguns pastores em decorrência da idade e tempo de serviço.

Decorrida de 5 a 11 de Janeiro, a conferência abarcou a discussão e avaliação do relatório do conselho geral do programa que aborda a análise e balanço do estado da igreja durante os últimos quatro anos, a restruturação administrativa da igreja e estudo da doutrina da igreja versada na fé e ordem, a par da análise do sistema integrado de educação e saúde.

A intervenção da igreja em parecerias sociais, com realce para a gestão da fundação da igreja Metodista Unida, o conselho de finanças e administração, tesouraria e relatório de contas da conferência anual constaram ainda das discussões durante os cinco dias que durou o evento.

A 32ª Conferência Anual do Oeste de Angola, decorrida sob o lema “Povo Metodista – Portas abertas, corações abertos e mentes abertas”, albergou mais de 700 fiéis oriundos das províncias de Luanda, Bengo, Cuanza Sul, Cuanza Norte, Uíge, Namibe, Benguela, Huíla, Huambo e Cunene, que compreendem a região Oeste da Igreja Metodista Unida de Angola. (Angop)

* Para ver a publicação original abra el siguiente enlace: http://www.portaldeangola.com/2017/01/cuanza-norte-encerra-32a-conferencia-anual-do-oeste-da-igreja-metodista-unida/

Preocupações Sociais
A diaconisa metodista unida Bulelwa Ndedwa lidera uma marcha contra a violência de género em Durban, na África do Sul, em 14 de setembro. A marcha começou com a oração numa Igreja Metodista Unida e terminou no centro de Bizana, no distrito de Makukhanye, Cabo Oriental. Foto de Nandipha Mkwalo, Notícias da MU.

Igreja destaca faróis sobre a violência contra as mulheres

Metodistas Unidos da África do Sul marcham por mudanças, exortam a igreja a tomar medidas para proteger os membros do sexo feminino e todas as mulheres.
Preocupações Sociais
Pat Luna fala durante um painel de discussão no Instituto de Liderança, realizado na Igreja Metodista Unida da Ressurreição em Leawood, Kansas, de 25 a 27 de setembro. Ela foi acompanhada pelos Revs. Adam Hamilton, Junius B. Dotson, Ginger Gaines-Cirelli e Michael Bowie. O evento deste ano se concentrou em preservar, mas reformar a Igreja Metodista Unida. Foto de Sam Hodges, Notícias MU.

Evento anual se torna fórum sobre o futuro da igreja

Os centralistas e progressistas se reuniram no Instituto de Liderança para uma sessão de discussão e estratégia.
Área Geral da Igreja
O Rev. Will Green (centro) lidera o canto de "Jesus Lembre-se de Mim Quando Você Entrar no Seu Reino" na "Estação de Oração Queer" durante a manhã de 23 de fevereiro, na oração da Sessão Especial de 2019 da Conferência Geral Metodista Unida em São Luís. Green atende a uma das nove igrejas da Nova Inglaterra que pretendem deixar a denominação. Foto de Kathleen Barry, Notícias MU.

9 igrejas da Nova Inglaterra consideram desfiliação

Nove congregações na Conferência da Nova Inglaterra estão embarcando em um "processo de discernimento" de oito meses para considerar a desfiliação da denominação.