Conheça o programa antirracismo da igreja do Brasil

A Igreja Metodista brasileira vem se posicionando contra a discriminação racial no país, por meio da Pastoral de Combate ao Racismo. No último Concílio Geral, em 2011, foi aprovado o Programa Nacional Antirracismo da Igreja Metodista. O documento foi disponibilizado em maio desse ano para download no site da área nacional.

O documento trata o pecado do racismo por vários pontos de vista, e sugere trabalhar com enfrentamento do problema dentro das igrejas. Um dos destaques do texto, se refere à comunidade cristã como uma organização ainda tímida para esse trabalho.

“Embora a Igreja comunique a mensagem cristã de salvação plena a todos e todas, e de igualdade perante Deus, no caso das pessoas negras, de um modo em geral, ela, a Igreja, tem-se omitido ou tem sido muito tímida quanto ao enfrentamento do racismo cultural e institucional que domina na sociedade e nas instituições religiosas”, afirma uma das justificativas do projeto.

O objetivo geral do documento é tornar a Igreja Metodista um espaço de inclusão e vivência fraternal cristã entre as diferentes etnias, num ambiente de respeito e de consideração.

Para alcançar o objetivo, o programa sugere visibilizar o preconceito, capacitar a igreja sobre os temas ligados ao racismo, produzir material relacionado ao tema e empoderar os oprimidos pelo racismo. Também é necessário monitorar a implementação das ações sugeridas por meio da Pastoral de Combate ao Racismo, para verificar o comprometimento e resultados da igreja. Todas as orientação para que esse processo se desenvolva, estão organizadas no programa.

Acesse o site da Área Nacional da Igreja Metodista no Brasil para baixar o documento.

“Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também. Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns dos outros. De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele. Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular.” – 1 Coríntios 12:12,25-27

* Para ver a publicação original do Expositor Cristão, abra aqui

Área Geral da Igreja
O Plano de Indianápolis visualiza a integração de duas outras denominações "metodistas unidos" tradicionalista, centrista / progressista integrada ou separada de acordo com sua perspectiva sobre a inclusão da comunidade LGBTQ+ na igreja. Foto ilustração Rev. Gustavo Vasquez, MU News.

Grupo esboça plano de separação para denominação

Um grupo de líderes de igrejas centristas, progressistas e tradicionalistas elaborou um plano para a Igreja Metodista Unida se separar amigavelmente
Church Leadership
Oferecidos em quantias de até 10 mil dólares, os subsídios do EIST ajudam as instituições Metodistas Unidas e suas comunidades vizinhas a recrutar, treinar e apoiar pessoas étnicas para papéis de liderança em toda a igreja e no mundo. Foto cortesia do GBHEM.

Premiação GBHEM entrega nove subsídios para expandir a liderança entre minorias

Oferecidos em quantias de até 10 mil dólares, os subsídios do EIST ajudam as instituições Metodistas Unidas e suas comunidades vizinhas
Preocupações Sociais
A Rev. Anna Blaedel (no microfone) fala durante a Conferência Anual de Iowa em junho de 2016. Blaedel está enfrentando um julgamento da igreja depois de ser acusado sob a proibição contra a ordenação de um "homossexual praticante auto declarado". Foto de arquivo por Arthur McClanahan, Iowa Conferência.

Clériga de Iowa enfrenta julgamento

A Rev. Anna Blaedel enfrentará um julgamento da igreja após uma acusação certificada do Comitê da Conferência de Iowa contra a Blaedel.