Como resultado do crescimento significativo da Igreja Metodista no Brasil uma nova Região Eclesiásti

Publicado por José Geraldo Magalhães em Destaques Nacionais, IMB.  

11/12/2014 

Como resultado do crescimento significativo da Igreja Metodista no Brasil uma nova Região Eclesiástica foi criada, a primeira nova Região em 50 anos, e será conhecida como a Sétima Região Eclesiástica da Igreja Metodista no Brasil.

A decisão foi tomada em novembro, quando representantes metodistas de nove outros distritos dentro da igreja se reuniram em extraordinária do Conselho para este fim específico na Escola de Missões em Teresópolis.

De acordo com o bispo Paul Lockmann, este é um marco na vida da Igreja Metodista do Brasil desde a última Região eclesiástica foi estabelecida há 50 anos. Segundo ele, entre as realizações que envolvem a iniciativa é "multiplicar o potencial de investimento e cuidado missionário".

O Conselho Metodista Mundial gostaria de parabenizar a Igreja Metodista no Brasil em seu contínuo crescimento e expansão da sua missão.

Tradução: Angela Souza
- See more at: http://www.metodista.org.br/concilio-mundial-destaca-crescimento-da-igreja-metodista-no-brasil#sthash.4gvkg77r.dpuf

Último artigo

Área Geral da Igreja
Senhora Esperanca Fernando David, a Presidente das Mulheres Metodistas Unidas, recem-eleita a 29 Outubro de 2018 para a Conferencia do Sul de Moçambique

MMU em Moçambique elegem novas líderes

Conferência Bienal da Organização traz milhares de delegadas juntas, e culmina com eleições da nova liderança para a nova Conferência a ser criada em Moçambique.
Área Geral da Igreja
Missionarios e algunds oficiais da Conferencia do Leste de Angola.

O Episcopado no caminhar do Metodismo Unido em Angola

Os participantes buscaram o significado do Quiongua para os metodistas angolanos, e acharam não imortaliza-la visto que é um local histórico que cria-se um investimento turístico religioso e que trabalhassem como abelhas para o bem de todos.
Missão
Mais de 200 jovens participaram numa campanha de prevenção da cólera em Funda, uma vila a 19 milhas do centro de Luanda. Os jovens da Metodista Unida distribuíram hipocloritos de sódio, sabão, sacos plásticos e panfletos informativos às populações que vivem a beira do rio, uma área severamente afectada pelo surto. Fotografia por: Augusto Bento

Jovens Metodistas Unidos combatem cólera em Angola

Campanhas de sensibilização ajudam a reduzir casos e mortes em áreas vulneráveis de Luanda, uma cidade com cerca de 2,5 milhões de habitantes.